ATIVIDADES


 MUSEUS CARUARU

Nota de Pesar
Os que fazem os Museus de Caruaru lamentam, profundamente, o falecimento do artista plástico e servidor Lammech Cunha. Caruaruense, começou no mundo da arte desde criança, e trazia no seu estilo uma abordagem abstracionista, cubista e expressionista, realizando trabalhos em todo o país. Lammech era ainda uma pessoa muito querida pelos colegas de trabalho e deixará saudade no coração de todos. Toda a equipe dos Museus e da Fundação manifesta os sentimentos de solidariedade com a família e amigos.

Mais que um colaborador, Lammech é da família, a família dos museus, e é assim que cada um de nós nos vemos e nos tratamos.

Vai em paz meu amigo! 

19 de Julho de 2021- Aniversário de nascimento de Luisa Maciel

Luisa Cavalcanti Maciel nasceu em 19 de julho de 1926 em Areia Grande, Pesqueira. Era pintora, escritora, escultora, professora de Arte e Folclorista. Presidente fundadora do Centro de Cultura Popular Luisa Maciel, foi também acadêmica fundadora da Academia Caruaruense de Cultura Ciências e Letras (Acaccil). Durante a carreira produziu mais de duas mil telas.
Luisa Maciel foi eleita na cidade de Schlitz – Alemanha, Delegada Oficial do Conselho Internacional das Organizações de Festivais Folclóricos e Artes Tradicionais – CIOFF®/UNESCO.
Em 1974, recebeu o Título de Cidadã de Caruaru, pelos serviços prestados na área cultural. Exerceu também a função secretária de Cultura e Turismo do município.
A artista plástica faleceu em 2012, aos 86 anos, no Hospital da Unimed com uma infecção respiratória.



10 de julho - aniversário do MESTRE VITALINO


Vitalino Pereira dos Santos, conhecido como Mestre Vitalino, foi um importante artesão, ceramista popular e músico, sendo considerado um dos maiores artistas da História da arte do barro.
Vitalino foi responsável por uma arte simples que encantou o mundo e o tornou famoso. Arte que os especialistas decidiram batizar como arte figurativa.
Mestre Vitalino deu vida ao barro em violeiros, bois, vacas, cangaceiros, ciranda, zabumba, cavalo-marinho, noivos, cavalos, Lampião e Maria Bonita, vaquejada, entre outros.
Sua produção artística passou a ser iconográfica, influenciando a formação de novas gerações de artistas, principalmente no Alto do Moura em Caruaru.
Sua arte está exposta não só em grandes museus brasileiros, mas também no Museu de Arte Popular de Viena, na Áustria e no Museu do Louvre, em Paris.



Exposição Virtual: COISAS DE SÃO JOÃO
de 23 à 30 de junho de 2021


*Exposição virtual "Coisas de São João" retrata curiosidades do período junino*

 Para manter acesa a chama do São João, a Fundação de Cultura de Caruaru (FCC) lança a exposição virtual "Coisas de São João". De 23 a 30 de junho, serão publicadas nas redes sociais dos Museus de Caruaru imagens com objetos que fazem parte do período junino: sanfona, pífano, bacamarte, fogos, peças em barro, a presença dos Santos celebrados neste mês, além de comidas típicas. Tudo foi montado na sala de exposições temporárias, que foi ornamentada especialmente para a mostra virtual.

 Devido a pandemia do COVID-19 o conteúdo foi divulgado nas redes sociais dos Museus de Caruaru.

 Para rever toda a exposição basta acessar os Links abaixo:

Instagram: https://www.instagram.com/museuscaruaru/ 

Facebook: https://www.facebook.com/musueus.caruaru








25 anos sem Galdino

Galdino foi um dos contemporâneos de Vitalino e também se destacou por seu artesanato de barro, sobretudo por suas peças surrealistas. Há 25 anos ele deixava uma grande saudade para todos os conterrâneos e admiradores. Confira a obra "Os dois seres em um só corpo".



Exposição Virtual Memórias de Caruaru

18 a 31 de maio 2021

Fotografias e objetos que marcam a história da Capital do Agreste podem ser visualizados nas redes sociais 

A Prefeitura de Caruaru, através da Fundação de Cultura (FCC), lança a exposição virtual “Memórias de Caruaru” em homenagem aos 164 anos do município. 

A iniciativa traz 53 imagens em preto e branco de lugares que marcam a história da “Princesinha do Agreste”: Igreja de Nossa Senhora da Conceição (Marco Zero de Caruaru); a antiga Igreja de Nossa Senhora das Dores; a Igreja do Monte Bom Jesus; a Estação Ferroviária de Caruaru em seus três momentos arquitetônicos; o prédio dos Correios e telégrafos; a Feira de Caruaru; o Campo de Monta e cinemas são alguns dos lugares presentes na exposição fotográfica. 

Além disso, serão apresentados 34 objetos que mexem com a memória e o imaginário das pessoas, como objetos que pertenceram à Estação Ferroviária e à rádio ABC.









Confira os links para acessar o material: 

Instagram: https://www.instagram.com/museuscaruaru/ 

Facebook: https://www.facebook.com/musueus.caruaru


19ª Semana Nacional de Museus





Exposição virtual: VIA CRUCIS 

(28 de março a 4 de abril de 2021)


A Prefeitura de Caruaru, por meio da Fundação de Cultura (FCC), lançou na quarta-feira (31), a exposição virtual “Via Crucis”, fazendo referência à Semana Santa. O material foi exibido nas redes sociais “Museus Caruaru”. As peças são de artesãos do Alto do Moura e foram separadas e montadas no Memorial da Cidade.

A exposição “Via Crucis” apresenta uma linha cronológica das principais cenas das últimas horas de Cristo, com obras que retratam desde a oração no Getsemani até ascensão aos céus.

Obras de artistas como Severino Vitalino, Manuel Eudócio, Luiz Antônio e Antônio Rodrigues fizeram parte da mostra. A fotógrafa Janaína Pepeu registrou as peças e falou sobre a experiência de fazer as fotografias em um período onde as pessoas não estão frequentando os museus por causa da pandemia. “Através da fotografia, o espectador tem que se sentir frente a frente com a peça, dentro da sala do museu e conseguir apreciar as suas cores, texturas e a sensação de estar vendo a história artística de Caruaru sendo contada e eternizada nas obras”, destacou.

 

Devido a pandemia do COVID-19 o conteúdo foi divulgado nas redes sociais dos Museus de Caruaru.

Na exposição o visitante pôde encontrar texto de abertura, fotografias e vídeo. Para cada imagem há um pequeno trecho dos versículos bíblicos que narram as cenas representadas em barro.

 








Para rever toda a exposição basta acessar os Links abaixo:

Instagram: https://www.instagram.com/museuscaruaru/ 

Facebook: https://www.facebook.com/musueus.caruaru


 Exposição virtual: ZÉ CABOCLO 100 ANOS (28 a 31 de março de 2021)


No domingo 28 de março foi celebrado o centenário do artesão caruaruense Zé Caboclo. A Prefeitura de Caruaru, através da Fundação de Cultura (FCC), realizou uma exposição virtual em homenagem ao centenário do mestre. Foram apresentadas peças de barro do artista, evidenciando a imagem do artesão que, assim como Vitalino, contribuiu com a difusão da história do Alto do Moura.

Porém, devido a pandemia do COVID-19 o conteúdo foi divulgado nas redes sociais dos Museus de Caruaru.

Na exposição o visitante pôde encontrar texto de abertura, imagens das obras do Mestre, fotografias e vídeo da Sala Ceramistas do Alto do Moura, onde encontra-se o Espaço Zé Caboclo.










Para rever toda a exposição basta acessar os Links abaixo:

Instagram: https://www.instagram.com/museuscaruaru/ 

Facebook: https://www.facebook.com/musueus.caruaru

 

DIA  DO ARTESÃO - 19 DE MARÇO



Hoje é dia de parabenizar as artesãs e os artesãos da nossa cidade. Toda nossa admiração e respeito pelo lindo trabalho feito manualmente.

Caruaru é berço de vários artesãos/ãs apaixonados pela arte manual. Nossos
parabéns
a todos e todas que trabalham com o coração e representam nossa cultura.



8 de  março dia internacional da mulher


Os museus de Caruaru parabenizam e homenageiam as mulheres guerreiras, mães, trabalhadoras, esposas, estudantes e amigas pelas conquistas e realizações alcançadas ao longo dos anos, resultado de muita luta e dedicação na busca de seus direitos.



Exposição virtual "Vitalinos"
Exposição virtual "Vitalinos" enaltece obras dos filhos do Mestre artesão
Serão expostas 17 peças dos artesãos caruaruenses como uma forma de homenagem
A Prefeitura de Caruaru, através da Fundação de Cultura (FCC), lança, a partir desta quinta-feira (4), a exposição virtual "Vitalinos", que faz uma homenagem aos filhos do grande Mestre Vitalino, apresentando obras produzidas por eles. No total serão expostas 17 peças dos artesãos Amaro, Manoel, Severino, Antônio e Mariquinha Vitalino. O conteúdo será divulgado nas redes sociais dos Museus de Caruaru.
“A Exposição ‘Vitalinos’ apresenta peças de cinco dos filhos do Mestre Vitalino, três deles aniversariantes nos meses de fevereiro e março. Hoje, 4 de março, comemoramos a data do nascimento de seu Severino Vitalino, por exemplo. A mostra, além de comemorar tais datas, é também uma forma de homenagear os Vitalinos que mantiveram viva a arte de seu pai”, explicou o coordenador dos museus de Caruaru, George Pereira.
Devido à pandemia da Covid-19, os museus estão fechados e, por isso, o formato da exposição é virtual. Confira os links para acessar o material:








Prefeitura de Caruaru homenageia os 58 anos sem o Mestre Vitalino 


Nesta quarta-feira (20) faz 58 anos que o mestre do barro, Vitalino Pereira dos Santos, faleceu. Todos os anos, para lembrar a data, é realizado o tradicional cortejo até o Cemitério Dom Bosco, onde foi enterrado o seu corpo, o que não será possível em 2021 devido à pandemia da Covid-19.

Primeiro ceramista a ter real destaque no país e até internacionalmente, Vitalino foi pioneiro em retratar o cotidiano do povo da zona rural utilizando o barro. Suas peças traduzem os costumes nordestinos, como a vaquejada, o violeiro, os retirantes e as lavadeiras. É chamado de mestre justamente por ter deixado seguidores e um grande legado cultural para as novas gerações.

"Vitalino demonstrou o quanto foi mestre quando passou sua arte para que todos pudessem ter qualidade de vida. Ele é mestre não só na arte do barro, mas na arte da vida”, afirma o presidente da Fundação de Cultura de Caruaru (FCC), Rubens Júnior.

Mestre Vitalino nasceu em Caruaru, no dia 10 de julho de 1909. Era filho de um lavrador e de uma artesã que fazia panelas de barro para vender na feira. Ele faleceu no dia 20 de janeiro de 1963, vítima de varíola.

Sua arte está exposta não só em grandes museus brasileiros, mas também no Museu de Arte Popular de Viena, na Áustria, e no Museu do Louvre, em Paris.

No Brasil, grande parte de seu trabalho está nos museus Casa do Pontal e na Chácara do Céu, no Rio de Janeiro, no Acervo Museológico da Universidade Federal de Pernambuco, no Recife, e no Museu do Barro, em Caruaru. No Alto do Moura, também em Caruaru, tem a casa onde Vitalino morou, que se tornou na Casa-museu Mestre Vitalino, ponto de visita e contemplação.

-----------------------------------------------------------------

 02 DE AGOSTO, 31 ANOS DE SAUDADES DO NOSSO REI DO BAIÃO 


Homenageamos hoje, Luis Gonzaga do Nascimento, o nosso Rei do Baião. Nascido em Exu - PE em 13 de dezembro de 1912. Cantor e  compositor, acompanhado de sua sanfona, zabumba e triângulo, levou para todo o país a cultura musical  nordestina,  o baião, o xote, o xaxado e o tradicional forró pé de serra. Em suas  composições, cantava o amor, as desilusões o sofrimento e as injustiças de sua terra, o sertão nordestino.
Luiz Gonzaga, faleceu em Recife - PE em 02 de agosto de 1989, deixando um grande legado para a música popular brasileira.



                                                                                                                                   02/08/2020 *****************************************************************************************************************


Nossa homenagem a Luisa Maciel


Luisa Cavalcanti Maciel, nasceu em 19 de julho de 1926 na cidade de Pesqueira - PE.  Pintora, escritora, escultora, professora de arte e   folclorista. Presidente fundadora do Centro de Cultura Popular Luisa Maciel, era também acadêmica fundadora da Academia de Cultura Ciências e Letras de Caruaru (ACACCIL), como presidente do CIOFF (Conselho Internacional de Festivais Folclóricos e Artes Tradicionais), promoveu o intercâmbio cultural entre o Brasil e o exterior, valorizando a cultura tradicional de cada região. 
Cidadã de Caruaru e do mundo, Continua sendo uma grande referência para outras gerações. Todo nosso respeito e admiração a essa grande artista que continua viva em nossos corações.
Luisa Maciel, faleceu em 27 de dezembro de 2012 em Caruaru - PE.

                                                                19/07/2020
**************************************************************************


VITALINO, O MESTRE DA ARTE DO BARRO


Vitalino, ainda criança começa a criar os seus brinquedos com as sobras do barro, usado por sua mãe, Josefa Maria da Conceição, que era louceira. Assim, tem início a história do grande Mestre Vitalino, que nasceu no dia 10 de julho de 1909 no sítio Ribeira dos Campos, distrito de Caruaru.
Vitalino Pereira dos Santos, através da sua arte do barro, registrou a história do seu povo e tornou-se referência para outras gerações de artistas.
O seu nome, ultrapassou fronteiras e elevou Caruaru, ao cenário internacional da arte popular.
Vitalino, faleceu vítima de varíola, no dia 20 de janeiro de 1963, no Alto do Moura em Caruaru.




                                                                                                     10/06/2020
*****************************************************************************


29 DE JUNHO, DIA DE SÃO PEDRO


São Pedro, foi apóstolo de Cristo. É tido como o fundador da Igreja Cristã em Roma, também é considerado como seu primeiro papa.  Nasceu em Betsaida, na Galileia, filho de Jonas e irmão do apóstolo André, seu nome de nascimento era Simão. Pescador, trabalhava com o irmão e o pai, levado por  André pra conhecer Jesus, que determinou ser Pedro o apóstolo escolhido para liderar os primeiros pregadores da fé cristã no mundo. Participou dos mais importantes milagres do Mestre sobre a terra, foi o primeiro apóstolo a ver Cristo após a Ascensão.
Seu túmulo se encontra na Catedral de São Pedro no Vaticano. 


                                                                  29/06/2020
**********************************************************************************************************






                                                                                   26/06/2020

**************************************************************************


24 DE JUNHO DIA DE SÃO JOÃO 

A Festa de São João, comemorada no mês de junho, é também chamada Festa Junina, uma das festividades mais populares do Brasil. Mas, é no nordeste que a festa se intensifica. 
A noite de 23 de junho, véspera  do Dia de São João, marca o ponto alto da celebração, homenageando o Padroeiro da festa, tradição do nosso povo.
São João Batista, nasceu milagrosamente em uma cidade de Israel, próxima de Jerusalém. Seu pai Zacarias era sacerdote do Templo de Jerusalém e sua mãe foi Santa Isabel, prima de Maria mãe de Jesus, João Batista foi consagrado a Deus, desde o ventre materno, quando adulto sua missão foi pregar a conversão e os arrependimentos dos pecados através do batismo. Foi o precursor de Jesus, anunciou a vinda e a salvação que o Messias traria para todos.



                                                                                         24/06/2020

*************************************************************************


13 de junho Dia de Santo Antônio
O Santo Casamenteiro

Três Santos são homenageados nas festas juninas: São João, São Pedro e Santo Antônio. Sendo o último religioso um dos mais populares do Brasil.  Na tradição, ele é o Santo Casamenteiro e tudo começou porque casava muitos pobres sem exigir nenhuma contribuição financeira para a Igreja, como era de costume na época.
Santo Antônio, ou Santo Antônio de Pádua, nasceu  no ano de 1195 na cidade de Lisboa - Portugal, o seu Dia é comemorado em 13 de junho, por ser a data de sua morte em Pádua na Itália no ano de 1231.
Santo Antônio foi inicialmente uma frade agostiniano, um grande estudioso e pregador. Mais tarde entrou para a Ordem de São Francisco de Assis, ficou conhecido pela sua vida despojada de riquezas, apesar de ter nascido em uma família influente. Seu trabalho com os pobres foi essencial para que fosse rapidamente reconhecido como santo após sua morte. Também desenvolveu um grande amor pela figura do Menino Jesus e teria recebido visões dele enquanto estava em oração. Por isso, o santo é representado carregando-o nos braços, junto a um ramo de lírios, símbolo da castidade.
Milagre
Santo Antônio fez vários milagres em vida e um dos mais famosos é o da pregação com os peixes. Quando o santo estava na Itália, se dirigiu a cidade de Rimini para evangelizar os hereges. Como não foi ouvido, passou a falar da palavra de Deus para os peixes que prontamente apareceram com as cabeças fora d\'água.

                                                                                                                 13/06/2020
*****************************************************************************


DIA DOS NAMORADOS

O Dia dos Namorados, no Brasil é comemorado no dia 12 de junho, véspera de Santo Antônio de Pádua, conhecido pela fama de "Santo Casamenteiro", que segundo a crença, dá uma forcinha na união das pessoas, a partir de simpatias e muita devoção.
É uma data especial e muito comemorada, marca a celebração do amor, da união e a renovação dos relacionamentos. Nesse dia , se costuma trocar presentes, enviar flores e declarações de amor.
Em alguns países, é chamado Dia de São Valentim, comemorado no dia 14 de fevereiro, sendo comum a troca de cartões e presentes também entre amigos, demostrando afeição e amizade.
                                                                                          12/06/2020
 ***************************************************



ÁLVARO LINS
UM ILUSTRE FILHO DE CARUARU

Álvaro de Barros Lins (1912-1970), caruaruense, advogado, professor, jornalista, escritor, crítico literário e diplomata. Nasceu do dia 14 de dezembro de 1912, filho de Pedro Alexandrino Lins e Francisca de Barros Lins.
Cursou o primário em sua cidade natal e o secundário em Recife, formou-se em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito do Recife em 1935. Atendendo o convite do então governador de Pernambuco, Carlos de Lima Cavalcanti, assumiu o cargo de secretário do Governo Estadual. Com a instauração do Estado Novo, deixou de pensar em política e dedicou-se ao jornalismo, indo trabalhar no Diário da Manhã de Pernambuco, onde se tornou redator e diretor até 1940. Resolveu ir para o Rio de Janeiro, trabalhou como professor no Colégio Pedro II e no Instituto Rio Branco e como crítico literário escrevia para o Diário de Noticias. Foi considerado um dos maiores críticos literários nas décadas de 1940/1950. Lecionou a disciplina Estudos Brasileiros na Faculdade de Filosofia e Letras da Universidade de Lisboa. Com o suicídio de Getúlio Vargas em 1954, retornou para o Brasil e reassumiu o jornalismo e a cátedra da Literatura Brasileira. Em 1956, foi eleito por unanimidade para ocupar a cadeira nº 17 da Academia Brasileira de Letras. Neste mesmo ano, tornou-se chefe da Casa Civil do governo Juscelino kubitschek e foi nomeado embaixador do Brasil em Portugal, país que o escolheu como membro da Academia das Ciências de Lisboa.
É imensa a lista de suas obras e das premiações recebidas, entre as condecorações que recebeu, está a Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito, a mais alta condecoração brasileira.
A Academia Caruaruense de Cultura, Ciências e Letras, o designou Patrono da cadeira nº 12.
Faleceu no Rio de Janeiro, em 04 de junho de 1970. 


                                                         
                                                                                                                         04/06/2020
****************************************************************************


PASSEIO VIRTUAL


Devido a pandemia do coronavírus, os Museus de Caruaru permanecem fechados.
Mas, você pode fazer um passeio virtual pelos mesmos sem  sair de casa. É só acessar o Site Visite Caruaru, clicar na aba Tour Virtual e você visitará 06 dos 08  Museus que são administrados pela Prefeitura de Caruaru.

Museu do Forró Luiz Gonzaga 
Museu do Barro - Espaço Zé caboclo
Museu da Fábrica de Caroá
Sala Museu José Condé - Casa de Cultura José Condé
Casa Museu Mestre Vitalino
Memorial Mestre Galdino

  • O Memorial da Cidade e o Museu do Cordel Olegário Fernandes, ainda não fazem parte do Tour Virtual.
                                                      29/05/2020
*****************************************************************************


NOTA INFORMATIVA

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Cultura e Coordenação dos Museus, informam que em decorrência da atual situação em combate ao CORONAVÍRUS,  os Museus de Caruaru não estarão funcionando  até segunda ordem.


EXPOSIÇÃO 50 ANOS DE SAUDADE
  CORONEL LUDUGERO E OTRÓPE





NOTA INFORMATIVA

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Cultura e Coordenação dos Museus, informam que em virtude do feriado da Data Magna de Pernambuco, os Museus de Caruaru estarão  fechados na próxima sexta-feira (06/03/2020). Retornando suas atividades no sábado (07/03/2020)no horário das 8h às 17h




NOTA INFORMATIVA


A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Cultura e Coordenação dos Museus, informam que em virtude do período  Carnavalesco, os Museus de Caruaru estarão  fechados a partir das 12h   do sábado (22/02/2020) até às 12h  da quarta-feira (26/02/2020). Ressaltamos que a partir das 12h  da quarta-feira (26/02/2020) estaremos funcionando normalmente.





13 DE DEZEMBRO DE 2019!

Vamos comemorar juntos o aniversário de Luiz Gonzaga. O nosso Rei do Baião, que se vivo estivesse, estaria completando 
107 anos de vida. 

VIVA  GONZAGÃO! 





III SEMANA VIVA GONZAGA


Programação da III Semana Viva Gonzaga




I SEMANA DA FOTOGRAFIA DE CARUARU

A Exposição de Fotografias e Câmeras fotográficas rarastem como tema " Olhares de Princesas", é uma iniciativa  do grupo de fotógrafos "Olhares do Agreste" , que surgiu há seis anos e conta  com mais de 200 fotógrafos de várias cidades do agreste e de outros estados.  
Fazendo parte  da  exposição,  mesas redondas e palestras sobre a mulher na fotografia, o direito de imagem, causos e histórias da fotografia na era do filme.






Local: Sala de Exposições Temporárias do Museu do Barro 
Endereço: Praça Cel. José de Vasconcelos, 100 - Nossa Senhora das Dores
Data: 18 a 22 de novembro de 2019
Horário: Terça a Sábado das 8h às 17h | Domingo das 9h às 13h




NOTA INFORMATIVA


A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Cultura e Coordenação  dos Museus, informam que em virtude do feriado da Proclamação da República, os Museus de Caruaru  estarão fechados na próxima sexta-feira (15/11/2019). Retornando suas atividades no sábado (16/11/2019) no horário das  8h às 17h

++++++++++++++++++++++++++++++++



Curso " Exposições Acessíveis para Pessoas com Deficiência"

Está acontecendo no Auditório do Museu do Barro-Espaço Zé Caboclo nos dias 04, 11,15, 25 de novembro e 02 de dezembro, o Curso " Exposições Acessíveis para Pessoas com Deficiência.




NOTA INFORMATIVA


A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Cultura e Coordenação  dos Museus, informam que em virtude do feriado de Finados, os Museus de Caruaru  estarão fechados no próximo sábado (02/11/2019). Retornando suas atividades no domingo (03/11/2019) no horário das  9h às 13h

++++++++++++++++++++++++++++++++


NOTA INFORMATIVA


Inscrições do I Edital Público do Registro do Patrimônio Vivo de Caruaru são abertas nesta terça-feira(15)

A Prefeitura de Caruaru, através da Fundação de Cultura e Turismo (FCTC), abre nesta terça-feira (15) as inscrições para o I Edital Público do Registro do Patrimônio Vivo do município. O lançamento do documento foi realizado na noite desta segunda (14), durante uma reunião do Conselho Municipal de Políticas Culturais no Museu do Barro.
O edital prevê a inscrição de pessoas físicas ou jurídicas sem fins lucrativos, de natureza cultural, no Registro do Patrimônio Vivo de Caruaru (RPV – Caruaru), resultando na concessão de bolsas de incentivo financeiro por parte do governo municipal. Um dos requisitos é ser residente ou domiciliado em Caruaru e com atuação no município há mais de 20 anos no segmento cultural, contado da data do pedido de inscrição.

As inscrições devem ser feitas até o dia 14 de novembro, das 8h às 15h, na Gerência de Políticas Culturais da Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, que fica localizada na Praça Coronel José de Vasconcelos, número 100, Bairro Nossa Senhora das Dores. O telefone para o contato é o (81) 3721-1257 e o edital pode ser acessado o site da prefeitura https://caruaru.pe.gov.br/ ou na sede da Fundação de Cultura.



IV Exposição "Novos Olhares - Culturas Urbanas " 

   A IV Exposição Fotográfica Novos Olhares - Culturas Urbanas
propõe-se a chamar a atenção para uma série de iniciativas socioculturais que evidenciam características urbanas da cidade, que é reconhecida pela tradição e expressão de suas manifestações artístico-culturais, além de promover o diálogo e a reflexão sobre a temática.

Local: Mezanino do Memorial da Cidade de Caruaru
Endereço: Rua Duque de Caxias, 1000 - Bairro Nossa Senhora das Dores (Antigo Mercado de Farinha)
Período: 10 de outubro a 09 de novembro de 2019
Horário: terça a sexta das 8h às 17h e no sábado das 8h às 13h



NOTA INFORMATIVA

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Cultura e Coordenação  dos Museus, informam que  no próximo sábado  (12/10/2019) feriado  de Nossa Senhora Aparecida    (Padroeira do Brasil), o Museu do Forró Luiz Gonzaga e o Museu do Barro - Espaço Zé Caboclo estarão       funcionando normalmente no  horário das  8h às 17h em virtude do Evento Caruaru MOTOFEST.  




NOTA INFORMATIVA

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Cultura e Coordenação  dos Museus, informam que em virtude do feriado  de Nossa Senhora Aparecida    (Padroeira do Brasil), os Museus de Caruaru  estarão fechados no próximo sábado (12/10/2019). Retornando suas atividades no domingo (13/10/2019) no horário das  9h às 13h





           I SEMANA MUNICIPAL DE FORMAÇÃO EM ARTES E CULTURA DE CARUARU

  Está  acontecendo no Museu do Barro - Espaço Zé Caboclo, na    Secretaria de Politicas para as Mulheres e no Overtone Estudio , A I SEMANA MUNICIPAL  DE FORMAÇÃO EM ARTES E CULTURA DE CARUARU no período  de  23 A 27 de setembro.





EXPOSIÇÃO " MÃOS FEMININA, LOUÇAS DE BRINCAR

Dentro da programação da 13ª Primavera dos Museus, está acontecendo no Museu do Barro - Espaço Zé Caboclo, A Exposição Mãos Feminina, louças de Brincar, mostra do trabalho da artesã Dona Deta, hoje com 73 anos de idade e 60 anos na profissão de artesã.

 Dona Deta, se destaca por ser uma das artesãs mais antigas do Alto do Moura, e que confecciona até hoje peças de barro como: panelinhas, boizinhos, fogãozinho, mobília, ou seja, brinquedos todos em barro. O período da Exposição será de: 23 de setembro à 10 de outubro 2019, na Sala de Exposições temporárias.



Local: Sala de Exposições Temporárias do Museu do Barro 
Endereço: Praça Cel. José de Vasconcelos, 100 - Nossa Senhora das Dores
Data: 23 a 10 de outubro de 2019
Horário: Terça a Sábado das 8h às 17h | Domingo das 9h às 13h







Projeto o museu vai à escola 2019

O Projeto "o Museu vai à Escola", é uma iniciativa da Diretoria dos Museus de Caruaru. Esta visa diminuir as distâncias entre o comunidade escolar e os Museus desta cidade.
Para tanto, levamos às escolas, pequenas mostras e exposições itinerantes que provocam a curiosidade despertando o interesse na população pela visitação aos nossos Museus.
Enquadrando-se na proposta da Nova Museologia, o Projeto também aborda uma desconstrução de Museu apenas como espaço da guarda da memória, assim, mostrando que é possível um aprendizado aberto a discussões gerando um novo olhar à interdisciplinaridade.

O referido Projeto, apresenta O Memorial Mestre Galdino e  está sendo vivenciado na Escola Municipal Professor Augusto Tabosa,  localizado na Avenida Vera Cruz, 71 - Bairro São Francisco,
  no período de 17 de setembro a 01 de outubro do corrente ano.











NOTA INFORMATIVA


A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Cultura e Coordenação  dos Museus, informam que em virtude do feriado  de Nossa Senhora das Dores (Padroeira da nossa cidade), os Museus de Caruaru estarão fechados no próximo domingo (15/09/2019). Retornando suas atividades na terça-feira (17/09/2019) no horário das  8h às 17h


                                        **********************************************



NOTA INFORMATIVA

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Cultura e Coordenação  dos Museus, informam que em virtude do feriado  da Independência do Brasil, os Museus de Caruaru estarão fechados no próximo sábado (07/09/2019). Retornando suas atividades no domingo (08/09/2019) no horário das  9h às 13h


                                                          **********************************************



ALTO DO MOURA DE LUTO

 O  Alto do Moura, mais uma vez se veste de luto. 
Ontem,  dia 02 de setembro do corrente ano, faleceu o senhor Amaro Pereira dos Santos, primogênito dos 6  filhos  do nosso inesquecível Mestre  Vitalino.
Amaro, homem simples e de poucas palavras, ainda criança conheceu a arte do barro e com as suas  mãos, mostrou sua sensibilidade e criatividade através das peças que criava no aconchego da sua família.

Nossos sentimentos a Família Vitalino e ao Alto do Moura.  


                    Crédito Yone e Preggo - 03.09.2019





NOSSOS PARABÉNS AO MUSEU DO CORDEL


O Museu do Cordel Olegário Fernandes, comemora 20 anos nesta quarta-feira (21) com uma programação especial voltada para a cultura e a educação. Localizado no Parque 18 de Maio, foi fundado pelo cordelista Olegário Fernandes no dia 21 de agosto de 1999. O local conta com um acervo formado por cordéis tradicionais, antigos e raros, fotografias de poetas, livros sobre o assunto e máquinas de xilogravuras e linogravuras.
Olegário Fernandes morreu em 2002. Desde então, o Museu do Cordel é administrado pelos filhos, Olegário Filho e Maria Betânia.


 

        Manoel Galdino de Freitas ou Mestre Galdino 

Manoel Galdino de Freitas, ceramista, artesão, cantador de viola e poeta popular,  nasceu em 19 de agosto de 1924  no distrito de Jacaré da Volta em  São Caetano - PE.
Em  1937  mudou-se para Caruaru,  para trabalhar em olaria e depois como pedreiro pela Prefeitura.
Em 1974,  Mudou-se então para o Alto do Moura, abandonando o serviço público para se dedicar à arte.
Sua contribuição para  a história cultural e a arte do barro em nossa cidade, traduz um universo surrealista, povoado por imagens autofágicas e oníricas de uma originalidade ímpar. 
Nossa homenagem a esse grande mestre do barro que faleceu no Alto do Moura  em 1996). 


Mané pãozeiro






Exposição "Caruaru Cidade Patrimônio e Poesia"


A Exposição Caruaru Cidade Patrimônio e Poesia, resultado dos estudos da disciplina de Arte da Escola de Tempo Integral Professor Ruben de Lima Barros. Leitura e releitura do Patrimônio Material e Imaterial da cidade, desenvolvidos através de visitas e registros fotográficos feito pelos próprios estudantes, também foram utilizadas fotografias do Boi Tira Teima cedidas gentilmente pelo fotografo Antônio Preggo.


                                    


Local: Sala de exposição Temporária do Museu do Barro
Endereço: Praça Cel. José de Vasconcelos, 100 - Nossa Senhora das Dores
Data: 09 a 30 de agosto de 2019
Horário: Terça a Sábado das 8h às 17h | Domingo das 9h às 13h



*110 anos do Mestre Vitalino: um homem feito de arte, um artista divino e encantador*

Dono de um talento inconfundível, sua simplicidade é sua maior riqueza. Seu amor por sua terra Caruaru foi retratado em diversas formas de artes figurativas. Nossa história deve muito a esse homem que construiu um novo ciclo de vida através da arte. Caruaru e Vitalino: duas razões que trazem orgulho para o povo e marca nossa história com arte, cor, encanto, talento e muita criatividade.

Conhecido internacionalmente, as obras de Vitalino estão espalhadas nos grandes centros de artes, museus tais como: Louvre em Paris-França; Masp em São Paulo; a maior parte do seu acervo está no Museu na Casa do Pontal, Chácara do Céu no Rio de Janeiro. O acervo museológico está na UFPE na cidade do Recife. Em Caruaru, temos a Casa Museu Mestre Vitalino e, no Museu do Barro, uma sala específica que retrata sua vida e sua obra.



A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru e os Museus de Caruaru, sempre serão gratos a esse gênio Mestre Vitalino, que transformou nossa cidade em celeiro de cultura e trouxe para o mundo a importância do Alto do Moura e seus milhares de seguidores, homens, mulheres, crianças, jovens, idosos e toda uma cadeia criativa que vive, sonha e sobrevive nas raízes deixadas pela arte figurativa do Mestre Vitalino Pereira dos Santos.

Hérlon Cavalcanti

Gerente de Cultura da Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru


A imagem pode conter: 1 pessoa






NOTA INFORMATIVA


A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Cultura e Coordenação  dos Museus, informam que em virtude do feriado  do aniversário  da nossa cidade, os Museus de Caruaru estarão fechados no próximo sábado (18/05/2019). Retornando suas atividades no domingo (19/05/2019) no horário das  9h às 13h





Exposição "Minha História, meu Lugar"

A Exposição Minha História, meu Lugar, é um projeto da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, desenvolvido pelos centros de Convivência da Comunidade  de Itaúna e Xicuru,  com crianças e adolescentes retratando seu cotidiano, sua cultura e sua comunidade. 



Local: Mezanino do Memorial da Cidade de Caruaru
Endereço: Rua Duque de Caxias, 100- Nossa Senhora das Dores
Período: de 14 a  a 23 de maio de 2019
Horário: terça a sexta das 8h às 17h e no sábado das 8h às 13h





17ª Semana Nacional de Museus


A Semana nacional de Museus acontece anualmente para comemorar o Dia Internacional de Museus, 18 de maio, quando museus e outras instituições culturais brasileiras, convidados pelo IBRAN, desenvolvem uma programação especial com o tema: Museus como Núcleos Culturais: O Futuro das Tradições. 
Inseridos nessa programação, os museus de Caruaru, através da Fundação de Cultura e Turismo,  Gerência de Políticas Culturais e Coordenação dos museus, promovem o Evento “ CARUARU, NOSSA GENTE E SUAS TRADIÇÕES”. A partir desta segunda-feira, 13/05 a 23 de maio, em todos os museus da nossa cidade, turistas e visitantes têm mais uma oportunidade para apreciar a cultura regional, através de música, oficina, esquete teatral, exposições fotográficas, mostra de curta metragem, palestras  e rodas de conversa em cada museu da cidade.









MOSTRA FOTOGRÁFICA "DIEGO E FRIDA UM SORRISO NO MEIO DO CAMINHO"





NOTA INFORMATIVA


  A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Cultura e Coordenação  dos Museus, informam que em virtude da 17ª Semana Nacional de Museus, na próxima segunda-feira (13/05/2019) estaremos funcionando no horário das  8h às 17h




NOTA INFORMATIVA


A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Cultura e Coordenação  dos Museus, informam que em virtude do feriado do dia do trabalhador, os Museus de Caruaru estarão fechados na próxima quarta-feira (01/05/2019). Retornando suas atividades na quinta-feira (02/05/2019) no horário das  8h às 17h



Horário dos Museus de Caruaru - Semana Santa 2019

  • Museu do Forró Luiz Gonzaga / Museu do Barro 
  • Museu da Fábrica de Caroá
  • Casa Museu Mestre Vitalino
  • Memorial Mestre Galdino

     18  a 20 de abril das 8h às 17h  
     21 de abril  das 9h às 13h       

  • Memorial da Cidade de Caruaru
  • Casa de Cultura José Condé

       18/04 - 8h às 17h
       19/04 - Fechado
       20/04 - 8h às 13h
       21/04 - Fechado
       

               

EXPOSIÇÃO "MESTRES DA PAIXÃO"

Está acontecendo no Alto do Moura até o dia 30 de abril, a Exposição “ Mestres da Paixão” , composta por 40 peças  de grandes artesãos e artesãs  que através de suas obras traduzem a Paixão e Morte de Jesus Cristo.

A Exposição  pode ser contemplada por turistas e visitantes por todo o percurso da rua Mestre Vitalino até a praça São Sebastião.










EXPOSIÇÃO: " CAMINHOS DE AMOR E FÉ"

A proposta do artista plástico e artesão Humberto Botão, é ressignificar a representação, reportar a imaginação do observador trazendo a Via Sacra para os dias atuais, permitindo-nos vivenciá-la como parte integrante dos dramas, dores, mistos de sensações e conflitos. A arte permite  que cada pessoa seja também canal de criação da obra.



Local: Memorial da Cidade de Caruaru
Endereço: Rua Duque de caxias, 1000 - Bairro Nossa Senhora das Dores
Período: 13 a 30/04/2019




Exposição Bonecas Abayomi: Encontro Sagrado com a Ancestralidade
Com a multiartista Chris Mendes

        As bonecas Abayomi são bonecas negras feitas de retalhos de tecido reaproveitado, apenas com nós, sem o uso de cola ou costura. Com tamanho variando entre 2 cm a 1,5m, elas representam figuras do cotidiano e do sagrado. Podendo ser personalizadas com retalhos da roupa do próprio dono.


Local: Hall do Museu do Barro
Período: 13 a 30/04/2019


EXPOSIÇÃO SEVERINO VITALINO "O BARRO É A MINHA SEGUNDA MÃE"
CASA MUSEU MESTRE VITALINO - ALTO DO MOURA





PROGRAMAÇÃO - SEMANA SANTA 2019












CARUARU POR PAIXÃO


A Fundação de Cultura e Turismo  de Caruaru, realizou no dia 29 de março na Sala do Cine Cultural do Museu do Barro Espaço Zé Caboclo, a Coletiva de Imprensa para o lançamento da Programação da Semana Santa " CARUARU POR PAIXÃO" que acontecerá entre os dia 13 a 21 de abril de 2019.



I Exposição de Louças de Barro

A I Exposição de Louças de Barro, reúne 10 artesãos e 70 artesãs do Alto do Moura, que através da arte no barro, ressalta a criatividade e beleza da louça utilitária que historicamente antecede a arte figurativa.
O evento, homenageia o artesão Severino Vitalino (in memoriam) e as mulheres artesãs que compõem o grupo “ EM BUSCA DA SABEDORIA.”
A coletiva é composta por 80 peças em barro e tem a participação especial do artista plástico, Lammech Cunha, que expõe 22 telas em técnica mista, num tributo a” Vida e obra do Mestre Vitalino”



Local: Sala de Exposições Temporárias do Museu do Barro
Período: 06 a 30 de abril de 2019




08 DE MARÇO DIA INTERNACIONAL DA MULHER


PARABÉNS  A TODAS AS MULHERES QUE TRANSFORMAM AS SUAS LUTAS DIÁRIAS, NUM EXEMPLO DE FÉ, DIGNIDADE, PERSEVERANÇA E AMOR






20 DE JANEIRO DE 2019

56 ANOS SEM O NOSSO GRANDE MESTRE VITALINO






NOTA INFORMATIVA


É com grande pesar que comunicamos a falecimento  do Mestre Severino Vitalino, um grande  seguidor do trabalho do Mestre Vitalino. Uma perda imensurável para todos nós, mas, ele continuará  sendo uma referência viva  para a Arte do Barro e para nossos corações. 





NOTA INFORMATIVA


A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Políticas Culturais e Coordenação  dos Museus, informam que em virtude do feriado de 1º de janeiro dia da Confraternização Universal, os Museus de Caruaru estarão fechados na próxima terça-feira (01/01/2019). Retornando suas atividades na quarta-feira (02/01/2019) no horário das  8h às 17h




NOTA INFORMATIVA


A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Políticas Culturais e Coordenação  dos Museus, informam que em virtude do feriado de Natal, os Museus de Caruaru estarão fechados na próxima terça-feira (25/12/2018). Retornando suas atividades na quarta-feira (26/12/2018) no horário das  8h às 17h




         Lançamento da Cartilha  "Construindo Associações"


Aconteceu no dia  17 dezembro de 2018 às 19h, na Sala do Cine Cultural do Museu do Barro - Espaço Zé Caboclo o lançamento da Cartilha " Construindo Associações", realizado por alunos  da disciplina de Microanálise das Organizações do Curso de Administração da Universidade Federal de Pernambuco  (UFPE) - Centro Acadêmico do Agreste (CCA).
Participaram do evento  professores e alunos da UFPE, representantes  de Associações e público em geral.





 VIVA NOSSO ETERNO REI DO BAIÃO ! 


Hoje nossa grande homenagem vai para Luiz Gonzaga do Nascimento, o nosso Rei do Baião, nascido em Exu - PE em 13 de dezembro de 1912, se vivo estivesse faria 106 anos de idade. 
Com sua sanfona, zabumba e triângulo, levou para todo o país a cultura nordestina, em suas composições cantava o amor, a pobreza, as tristezas e as injustiças ao povo nordestino. Faleceu em 02 de agosto de 1989 deixando um grande legado para a nossa música.







EXPOSIÇÃO “VIDA E OBRA DO MESTRE VITALINO”


A Exposição “Vida e Obra do Mestre Vitalino” do artista plástico Lammech Cunha, que com encanto e admiração  conta a trajetória do menino a Mestre, Vitalino Pereira dos Santos, homem simples que através do barro retratou a realidade do seu povo. Lammech,  homenageia também amigos e seguidores do Mestre, como: Zé Caboclo, Manoel Galdino, Manuel Eudócio, Zé Rodrigues, Elias Francisco, Ernestina Oliveira e Marliete Rodrigues. Destaque especial para Severino Vitalino (filho do Mestre) discípulo e guardião da arte de seu pai, Mestre Vitalino.
A Exposição apresenta 40 obras, sendo 28 painéis,10 esculturas e 02 instalações.
Local: Sala de Exposição Temporária do Museu do Barro –Espaço Zé Caboclo
Endereço: Praça Cel. José de Vasconcelos,100 – Nossa Senhora das Dores (Parque Luiz Lua Gonzaga)
Período: 07 de dezembro  2018 a 07de março de 2019
Horário: Terça a sábado das 8h às 17h / domingo das 9h às 13h


                   








 VIVA NOSSO ETERNO REI DO BAIÃO ! 


Hoje nossa grande homenagem vai para Luiz Gonzaga do Nascimento, o nosso Rei do Baião, nascido em Exu - PE em 13 de dezembro de 1912, se vivo estivesse faria 106 anos de idade.  
Com sua sanfona, zabumba e triângulo, levou para todo o país a cultura nordestina, em suas composições cantava o amor, a pobreza, as tristezas e as injustiças ao povo nordestino. Faleceu em 02 de agosto de 1989  deixando um grande legado para a nossa música.


    

Uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Caruaru e Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru 










CONCURSO DE CARTAZES


Aconteceu no Museu do Barro - Espaço Zé Caboclo no dia 29 de novembro de 2018,  o Concurso de Cartazes com o tema " A Bondade Importa" promovido pelo Lions Internacional  e Lions Caruaru.









NOTA INFORMATIVA

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Políticas Culturais e a Coordenação dos Museus, informam que em virtude do feriado da Proclamação da República, os Museus de Caruaru estarão fechados na próxima quinta-feira (15/11/2018). Retornando suas atividades na sexta (16/11) no horário das 8h às 17h




NOTA INFORMATIVA


A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Políticas Culturais e Coordenação  dos Museus, informam que em virtude do feriado de Finados, os Museus de Caruaru estarão fechados na próxima sexta-feira (02/11/2018). Retornando suas atividades no sábado (03/11) no horário das 8h às 17h







NOTA INFORMATIVA


A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Políticas Culturais e Coordenação  dos Museus, informam que em virtude do 2º turno da Eleições, os Museus de Caruaru estarão fechados no próximo domingo (28/10/2018). Retornando suas atividades na terça-feira (30/10) no horário das 8h às 17h




Projeto o museu vai à escola 2018
 Escola Municipal Professor Amaro Matias Silva


O Projeto "o Museu vai à Escola", é uma iniciativa da Diretoria dos Museus de Caruaru. Esta visa diminuir as distâncias entre o comunidade escolar e os Museus desta cidade.
Para tanto, levamos às escolas, pequenas mostras e exposições itinerantes que provocam a curiosidade despertando o interesse na população pela visitação aos nossos Museus.
Enquadrando-se na proposta da Nova Museologia, o Projeto também aborda uma desconstrução de Museu apenas como espaço da guarda da memória, assim, mostrando que é possível um aprendizado aberto a discussões gerando um novo olhar à interdisciplinaridade.

O referido Projeto, apresenta O Memorial Mestre Galdino e  está sendo vivenciado na Escola Municipal Professor Amaro Matias Silva,  localizado no bairro  Rendeiras  no período de 16 de outubro a 07 de novembro.















MUSEU DA FÁBRICA DE CAROÁ 




Há 40 anos, a Fábrica de Caroá encerrava suas atividades, deixando um marco muito importante para o crescimento econômico da nossa cidade

Em 1935 é inaugurada a Fábrica de Caroá, investimento do grupo JOSÉ DE VASCONCELOS & CIA do Cel. José de Vasconcelos e Silva. Tal evento trouxe muita euforia e esperança para os habitantes de Caruaru e região, pois trazia consigo oportunidade de emprego para a população e, sobretudo, desenvolvimento industrial para o interior do agreste pernambucano.
Porém, passado alguns anos, não mais aos cuidados do Coronel, a Fábrica apresenta desgaste industrial. Sem novos e modernos investimentos a Caroá perde espaço para as concorrentes. Mas, produzindo pouco e defasadamente se mantém funcionando até 1970.
Entretanto, no mesmo ano, com incentivo financeiro do Banco do Brasil, volta a funcionar por mais oito anos, até que em 1978, com dívidas como: salários atrasados, empréstimo não quitado junto ao Banco do Brasil, e outras questões colocadas pelo Sindicato de Fiação e Tecelagem de Caruaru, a Fábrica de Caroá fecha as suas portas findando a história de um império escrito por muitos que passaram por ela.  

                                                               Texto do livro "Fábrica de Caroá História e Memória"                                                     George Pereira e Geyse Anne Teixeira 




NOTA INFORMATIVA



A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Políticas Culturais e Coordenação  dos Museus, informam que em virtude do feriado de 12 de outubro dia da Padroeira do Brasil, os Museus de Caruaru estarão fechados na próxima sexta (12/10/2018). Retornando suas atividades no sábado (13/10) no horário das 8h às 17h










III Exposição Fotográfica Novos Olhares
Resiliência Quilombola



05 a 31 de Outubro de 2018

Memorial da Cidade














MESTE DILA

José Soares da Silva mais conhecido como Mestre Dila, é o nosso grande xilogravurista e cordelista. Um dos maiores artistas da Cultura Popular Brasileira. Que sejas abençoado com muita saúde para nos encantar  cada vez mais com sua arte.














NOTA INFORMATIVA
MUSEUS DE CARUARU


A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Políticas Culturais e Coordenação  dos Museus, informam que em virtude do feriado de 15 de setembro dia da nossa Padroeira, os Museus de Caruaru estarão fechados no próximo sábado (15/09/2018). Retornando suas atividades no domingo (16/09) no horário das 9h às 13h





       


AGRESTE  TELÚRICO

O artista Carlos Melo, idealizador da Bienal do Barro, realiza o Ciclo de debates Agreste Telúrico, de 13 a 15 de setembro das 14h às 18h no Museu do Barro em Caruaru. A proposta é discutir sobre as relações do barro, da tradição e memória com a arte contemporânea.




NOTA INFORMATIVA
MUSEUS DE CARUARU 
       


A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Políticas Culturais e Coordenação  dos Museus, informam que em virtude do feriado de 7 de setembro, os Museus de Caruaru estarão fechados amanhã sexta-feira (07/09/2018). Retornando suas atividades no sábado  (08/09/2018) no horário das 8h às 17h


Projeto o museu vai à escola 2018
 Escola Municipal Professora Josélia Florêncio da Silveira


O Projeto "o Museu vai à Escola", é uma iniciativa da Diretoria dos Museus de Caruaru. Esta visa diminuir as distâncias entre o comunidade escolar e os Museus desta cidade.
Para tanto, levamos às escolas, pequenas mostras e exposições itinerantes que provocam a curiosidade despertando o interesse na população pela visitação aos nossos Museus.
Enquadrando-se na proposta da Nova Museologia, o Projeto também aborda uma desconstrução de Museu apenas como espaço da guarda da memória, assim, mostrando que é possível um aprendizado aberto a discussões gerando um novo olhar à interdisciplinaridade.

O referido Projeto, apresenta O Memorial Mestre Galdino e  está sendo vivenciado na Escola Municipal Professora Josélia Florêncio da Silveira,  localizado no bairro São João da Escócia  no período de 17 a 31 de agosto.













Mostra de Fotografia

Carnaval em Foco: Imaginário Coletivo


 10 de julho de 2018

Há 109 anos, nascia no Sítio Campos próximo ao Alto do Moura Vitalino Pereira dos Santos, aquele que viria a ser o grande Mestre na Arte do Barro, pois, aos 6 anos de idade já fazia seus brinquedos, mostrando através do barro,   a realidade simples em que vivia. Nascido em 1909 e falecido em 1963, o Mestre Vitalino foi um dos maiores artista popular no nosso país, tornando-se referência para o mundo.

                                  Homenagem dos Museus de Caruaru.





MESTRE GALDINO

Em 1996, nos deixava Manoel Galdino de Freitas o Mestre Galdino. Nascido em São Caetano - PE em 1929. Foi um ceramista, artesão, cantador de viola e poeta. 
Em 1940 mudou-se para Caruaru, , trabalhando em olaria e depois como pedreiro pela prefeitura.
Em 1974, Mudou-se para o Alto do Moura, abandonando o serviço público para se dedicar à arte.
A nossa Homenagem póstuma a esse Mestre, que tanto contribuiu para o engrandecimento da Arte do Barro.




NOTA INFORMATIVA

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Políticas Culturais e Coordenação  dos Museus, informam que em virtude do feriado do Aniversário da Cidade, os Museus de Caruaru estarão fechados na próxima Sexta-feira (18/05/2018). Retornando suas atividades no Sábado (19/05/2018) no horário das 8h às 17h 




Projeto o museu vai à escola 2018
 Escola Municipal Professor Kermógenes Dias de Araujo


O Projeto "o Museu vai à Escola", é uma iniciativa da Diretoria dos Museus de Caruaru. Esta visa diminuir as distâncias entre o comunidade escolar e os Museus desta cidade.
Para tanto, levamos às escolas, pequenas mostras e exposições itinerantes que provocam a curiosidade despertando o interesse na população pela visitação aos nossos Museus.
Enquadrando-se na proposta da Nova Museologia, o Projeto também aborda uma desconstrução de Museu apenas como espaço da guarda da memória, assim, mostrando que é possível um aprendizado aberto a discussões gerando um novo olhar à interdisciplinaridade.

O referido Projeto, apresenta O Memorial Mestre Galdino e  está sendo vivenciado na Escola Municipal Professor Kermógenes Dias de Araújo ,  localizado no bairro Vassoural  no período de 15 a 29 de maio.















O tema “Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos” cria um amplo aspecto de caminhos a serem tomados. Mesmo com o destaque para o aspecto digital, ressaltamos o papel essencial das relações interpessoais nos museus: as memórias têm cheiro, cor, gosto...e isso é ainda demasiadamente humano.
                                                    Instituto Brasileiro de Museus




16ª Semana dos Museus de Caruaru 2018


A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, por meio da Gerência de Políticas Culturais, junto a Coordenação dos Museus e o TEA (Teatro Experimental de Artes) promove o Projeto “UM CANTO PARA O CONTO” que faz parte da programação da 16ª Semana dos Museus em Caruaru, que este ano acontece entre os dias 15 e 25 de maio de 2018 e tem como tema “MUSEUS HIPERCONECTADOS” novas abordagens, novos públicos. O evento faz referência ao Dia Internacional dos Museus, comemorado no dia 18 de maio.

O Projeto “UM CANTO PARA O CONTO” terá início nesta terça-feira 15/05 das 14h às 16h, e segue até o dia 25/05 com visitas guiadas, apresentações teatrais, músicas e poesias. A entrada é gratuita e o objetivo é oportunizar a população conhecer os Espaços Museológicos, e com isso, desfrutar da arte e cultura da nossa cidade.



Programação do Projeto:


15 de Maio (Terça-feira)
Atrações: Teatro, Música e Poesia
Local: Casa de Cultura José Condé
Horário: 14h às 16h

16 de Maio (Quarta-feira)
Atrações: Teatro, Música e Poesia
Local: Museu da Fábrica de Caroá
Horário: 14h às 16h

22 de Maio (terça-feira)
Atrações: Teatro, Música e Poesia
Local: Museu do Forró Luiz Gonzaga/Museu do Barro
Horário: 19h às 21h

23 de Maio (Quarta-feira)
Atrações: Teatro, Música e Poesia
Local: Memorial da Cidade de Caruaru
Horário: 14h às 16h

24 de Maio (Quinta-feira)
Atrações: Teatro, Música e Poesia
Local: Casa Museu Mestre Vitalino
Horário: 14h às 16h

25 de Maio (Sexta-feira)
Atrações: Teatro, Música e Poesia
Local: Memorial Mestre Galdino
Horário: 14h às 16h




Projeto o museu vai à escola 2018
 Escola Municipal Pedro de Souza
                        
O Projeto "o Museu vai à Escola", é uma iniciativa da Diretoria dos Museus de Caruaru. Esta visa diminuir as distâncias entre o comunidade escolar e os Museus desta cidade.
Para tanto, levamos às escolas, pequenas mostras e exposições itinerantes que provocam a curiosidade despertando o interesse na população pela visitação aos nossos Museus.
Enquadrando-se na proposta da Nova Museologia, o Projeto também aborda uma desconstrução de Museu apenas como espaço da guarda da memória, assim, mostrando que é possível um aprendizado aberto a discussões gerando um novo olhar à interdisciplinaridade.

O referido Projeto, apresenta a história da Fábrica de Caroá e  está sendo vivenciado na Escola Municipal Pedro de Souza ,  localizado no bairro Petrópolis   no período de 10 a 24 de maio.











NOTA INFORMATIVA

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Políticas Culturais e Coordenação  dos Museus, informam que em virtude do feriado do Dia do Trabalhador, os Museus de Caruaru estarão fechados na próxima Terça-feira (01/05/2018). Retornando suas atividades na quarta-feira (02/05/2018) no horário das 8h às 17h 


NOTA INFORMATIVA

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Políticas Culturais e Coordenação  dos Museus, informam que em virtude do feriado de Tiradentes, os Museus de Caruaru estarão fechados no próximo sábado (21/04/2018). Retornando suas atividades no domingo (22/04/2018) no horário das 9h às 13h o Museu do Forró/ Museu do Barro, Casa Museu Mestre Vitalino e Memorial Mestre Galdino.


Professor Aleixo Leite Filho


Lembramos hoje com saudade, do nosso querido professor Aleixo Leite, poeta, escritor e folclorista, ele foi um grande pesquisador da Cultura Nordestina e de uma forma singular muito contribuiu com a nossa cidade. Aleixo Leite de Albuquerque Filho, Patrono da Biblioteca Pública Municipal, localizada no bairro Boa Vista I, nasceu em 29/11/1929 e faleceu em 12/04/2013.





Projeto o museu vai à escola 2018
      Escola Municipal José Florêncio Neto
                          (Professor Machadinho)


O Projeto Museu vai à Escola, é uma iniciativa da Diretoria dos Museus de Caruaru. Esta visa diminuir as distâncias entre o comunidade escolar e os museus desta cidade.
Para tanto, levamos às escolas, pequenas mostras e exposições itinerantes que provocam a curiosidade despertando o interesse na população pela visitação aos nossos museus.
Enquadrando-se na proposta da Nova Museologia, o Projeto também aborda uma desconstrução de Museu apenas como espaço da guarda da memória, assim, mostrando que é possível um aprendizado aberto a discussões gerando um novo olhar à interdisciplinaridade.

O referido Projeto, apresenta a história da Fábrica de Caroá e  está sendo vivenciado na Escola José Florêncio Neto (Professor Machadinho) ,  localizado no bairro Nossa Senhora das Dores no período de 04 a 18 de abril.








CICLO DE CAPACITAÇÃO REGIONALIZADA
PARA OS EDITAIS FUNCULTURA GERAL E MÚSICA


Como parte do lançamento
dos editais Funcultura 2017-2018,
convidamos todos, artistas, produtores
e demais fazedores de cultura a participar
de nosso ciclo de capacitação.

Dias: 05 e 06 de abril.
Primeiro dia: 14 h as 18h
Segundo dia: 08h às 18h
Local: Casa de Cultura José Condé-Feira livre de Caruaru-em frente ao mercado de farinha
Inscrições nas datas e local acima citados.


Exposição "A Arte Popular Religiosa"








Exposição "Um Museu Itinerante"


O Museu do Estado continua circulando pelos municípios de Pernambuco.
O projeto cultural "Um Museu Itinerante" do produtor Otavio Falcão com incentivo Funcultura chega a Caruaru, no Memorial da Cidade de Caruaru e está aberta a visitação até 1 de abril de 2018. A mostra apresenta através de painéis com reproduções fotográficas do acervo do MEPE a exposição de longa duração "Pernambuco, território e patrimônio de um povo" que conta a história de pernambuco. Faz parte também da mostra um vídeo com panorâmica do Museu e suas exposições.


Local: Memorial da Cidade de Caruaru
Endereço: Rua Duque de Caxias, 1000 - Nossa Senhora das Dores
Data: 22 de março a 01 de abril de 2017
Horário: Terça a Sexta das 8h às 17h | Sábado das 8h às 13h



  08 de Março Dia Internacional da Mulher

       Nossa Homenagem a todas vocês que fazem os Museus de Caruaru


Resultado de imagem para imagens do dia 8 de março   





NOTA INFORMATIVA
MUSEUS DE CARUARU


A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Gerência de Políticas Culturais e Coordenação  dos Museus, informam que em virtude do feriado da Data Magna de Pernambuco, os Museus de Caruaru estarão fechados na próxima terça-feira (06/03/2018). Retornando suas atividades na quarta-feira (07/03/2018) no horário das 8h às 17h

   
Hoje, nossos parabéns vai para o filho mais velho do Mestre Vitalino, Amaro Vitalino. Nascido no Alto do Moura em 21 de fevereiro de 1934, assim como seu pai começou a modelar suas peças de barro ainda criança, dedicando-se a recriar cenas  feitas pelo Mestre. Suas criações apresentam formas alongadas, sem pintura e de grande expressividade.
  
NOTA INFORMATIVA
MUSEUS DE CARUARU


A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Diretoria dos Museus, informam que em virtude das festividades de Carnaval, os Museus de Caruaru estarão fechados a partir do sábado (10/02/2018) das 12h até a quarta-feira (14/02/2018. Retornando suas atividades na quinta-feira (15/02/2018) no horário das 8h às 17h
  




       CASA DE CULTURA JOSÉ CONDÉ - 45 ANOS  DISSEMINANDO CULTURA


Localizada no Parque 18 de Maio, na Feira de Caruaru, recebeu o nome do escritor José Condé em homenagem ao mesmo, que levou o nome da cidade de Caruaru para todo país.
A Casa de Cultura José Condé foi inaugurada em 31 de janeiro de 1973 na administração do prefeito Anastácio Rodrigues e reinaugurada em 31 de janeiro de 2012 na administração do prefeito José Queiroz.
Conta com salas disponíveis para realizações de oficinas de diversas modalidades, acervos originais de artistas plásticos, cantores e compositores, artistas do teatro; salas de exposição com peças e utensílios do cotidiano do povo nordestino e brinquedos típicos da feira de Caruaru, além da sala Museu José Condé que expõem objetos, fotografias e textos referenciando o escritor/romancista.






Mestre Manuel Eudócio

Discípulo do Mestre Vitalino e nascido no Alto do Moura, Caruaru, Pernambuco, em 28 de janeiro de 1931, Manuel Eudócio Rodrigues, cedo aprendeu a transformar em figuras o barro da terra. O artista transformava personagens de festas populares, colocando-os em diferentes situações.  Uma de suas peças mais curiosas é o “Boi nos ares”: um boi sobre um cacto e um sertanejo, chapéu de palha na mão e coçando a cabeça, tentando entender a cena. Seu trabalho alcançou um grande reconhecimento nacional e internacional. Suas peças estão em museus brasileiros, como a Casa do Pontal e o Museu do Folclore Edison Carneiro, ambos no Rio e integra várias coleções particularesO ceramista morreu aos 85 anos, no Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru. Seu corpo foi enterrado no Alto do Moura. Ele deixou oito filhos, sendo que cinco são artesãos. Suas últimas peças foram uma figura feminina inacabada e uma cena de enterro, que não teve tempo de pintar.




Um Grande Mestre

Foi um grande artista e excelente tocador de pífano, reproduziu no barro as histórias do cotidiano do seu povo.
O Mestre Vitalino deixou um grande legado e a sua arte ultrapassou as fronteiras da sua região e do seu país, dando visibilidade a arte popular. 
Em memória, homenageamos esse Mestre que após 55 anos de sua ausência, continua sendo um dos maiores ícones do nosso tempo e referência no universo do barro.   
                       








NOTA INFORMATIVA

MUSEUS DE CARUARU

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Diretoria dos Museus, informam  que  nesse sábado(30/12/2017) e domingo (31/12/2017), os Museus de Caruaru estarão fechados. Retornando suas atividades na próxima  terça-feira (02/01/2017) no horário das 8h às 17h





ATENÇÃO PESSOAL!



VAMOS TODOS PARTICIPAR DESSE MOMENTO ÍMPAR, 



EM HOMENAGEM AO NOSSO REI LUÍZ GONZAGA.






NOTA INFORMATIVA
MUSEUS DE CARUARU



QUINTA-FEIRA
14 – dezembro

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Diretoria dos Museus de Caruaru, informam que os Museus desta cidade, nessa quinta-feira, (14/12/2017) estarão abertos ao público a partir das 14h até as 17h. Salientamos que no horário da manhã, na referida data, os Agentes Culturais estarão em um curso de capacitação de “Processos Educativos de Mediação em Instituições Culturais”, para assim, melhor atender a população e os demais que nos visitam.



PARABÉNS GONZAGÃO !



“Gostaria que lembrassem que sou filho Januário e dona Santana.

Gostaria que lembrassem muito de mim; que esse sanfoneiro amou
muito seu povo, o sertão. Decantou as aves, os animais,
os padres, os cangaceiros, os retirantes. Decantou os valentes,
os covardes e também o amor.”
(Luiz Gonzaga)

Assim, falou o nosso rei do baião, que estaria completando 105 anos se vivo estivesse. Quis o destino que esse garoto nascido em Exu, fosse se tornar um dia um dos maiores ícones da música popular brasileira. Luiz Gonzaga representou através do seu canto, o encanto e desencanto do povo nordestino.

Parabéns ao nosso Eterno Rei do Baião. 





NOTA INFORMATIVA
MUSEUS DE CARUARU



QUARTA-FEIRA

06 – dezembro

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Diretoria dos Museus de Caruaru, informam que os Museus desta cidade, nessa quarta-feira, (06/12/2017) estarão abertos ao público a partir das 14h até as 17h. Salientamos que no horário da manhã, na referida data, os Agentes Culturais estarão em um curso de capacitação de “Processos Educativos de Mediação em Instituições Culturais”, para assim, melhor atender a população e os demais que nos visitam.





Exposição "Mama África: Interfaces do Feminino do 



Sagrado e da Ancestralidade"




Shivo Araújo, é natural de Caruaru, reside no Alto do Moura há 10 anos onde passou a desenvolver sua própria técnica como ceramista, modelando o barro e criando suas figuras real e surreal. É aluno participativo de cursos e oficinas de Artes Plásticas no Sesc Caruaru.
Daniele Guerreiro, nasceu na capital paulistana, mas desde os nove anos de idade, adotou e foi adotada por Pernambuco, onde reside no momento. Desde muito criança percebeu sua paixão pela pintura e arte. Em 2004 retornou a São Paulo onde estudou Artes Plásticas na Universidade Clarentiano. É aluna do Curso de Artes Plásticas no Sesc Caruaru. Tem se dedicado a pintura expressionista que reforça a força da mulher.
Ambos receberam o convite da Fundação de Cultura de Caruaru para participar de uma Exposição que reverenciava a Cultura Africana e Afro Brasileira surgindo assim a Exposição Mama África: Interfaces do Feminino do Sagrado e da Ancestralidade, sendo os próprios co-produtores com a intenção de chegar ao mais próximo de suas ideias e perspectivas.
A exposição quer retratar uma África guerreira, que não se abateu diante das dificuldades e das injustiças, mas se manteve forte por meio do seu sagrado e de seus ancestrais, contribuindo para a diversidade do seu filho, o Brasil, que deve pedir a bênção à Mãe África por tudo que somos hoje.
As peças tanto em argila quanto as telas pintadas retratam especialmente essas três interfaces de África: 1- o feminino, por meio de peças que vão revelar a força, a luta pela liberdade, a beleza e o empoderamento da mulher negra, seja as humanas, seja as Yabas. 2- o sagrado, por meio de peças que tragam elementos do culto aos órixas, especialmente, as Yabás (as mães) e por fim, 3- a Ancestralidade, em peças que remontem os ancestrais africanos, griots que contribuem para manter essa história viva, e que lembre sempre o filho de pedir a bênção à sua mãe.



Local: Memorial da Cidade de Caruaru
Endereço: Rua Duque de Caxias, 1000 - Nossa Senhora das Dores
Data: 24 de novembro a 30 de dezembro de 2017
Horário: Terça a Sexta das 8h às 17h | Sábado das 8h às 13h



Shivo Araujo






Daniele Guerreiro








NOTA INFORMATIVA
MUSEUS DE CARUARU

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Diretoria dos Museus de Caruaru, informam que os Museus desta cidade, nas quartas-feiras,  estarão abertos ao público a partir das 14h até as 17h. Salientamos que no horário da manhã, nas datas abaixo citadas, os Agentes Culturais estarão em um curso de capacitação de “Processos Educativos de Mediação em Instituições Culturais”, para assim, melhor atender a população e os demais que nos visitam.


Seguem as datas:




QUARTAS-FEIRAS


29 – novembro;
6 – dezembro.



NOTA INFORMATIVA
MUSEUS DE CARUARU



Projeto o museu vai à escola


       COLÉGIO PROFESSOR LUIZ PESSOA DA SILVA


O Projeto Museu vai à Escola, é uma iniciativa da Diretoria dos Museus de Caruaru. Esta visa diminuir as distâncias entre o alunado e os museus desta cidade.
Para tanto, levamos às escolas, pequenas mostras e exposições itinerantes que provocam a curiosidade despertando o interesse na população pela visitação aos nossos museus.
Enquadrando-se na proposta da nova Museologia, o Projeto também aborda uma desconstrução de Museu apenas como espaço da guarda da memória, assim, mostrando que é possível um aprendizado aberto a discussões gerando um novo olhar à interdisciplinaridade.
O Museu vai à Escola, contempla o Museu da Fábrica de Caroá e o Memorial Mestre Galdino.
Pretendemos expandir para a população de Caruaru e cidades circunvizinhas, a importância de se conhecer a história política, econômica, social e cultural que tanto a Fábrica de Caroá como a Arte do Mestre Galdino causou.
O referido Projeto, apresenta a história da Fábrica de Caroá e  está sendo vivenciado no Colégio Professor Luiz Pessoa,  localizado no bairro Santa Rosa no período de 14 a 21 de novembro.
Em 2017 contemplamos as seguintes Escolas Municipais: Professor Rubem de Lima Barros, Casa do Trabalhador, Álvaro Lins, Guiomar Lyra, Paulina Monteiro, Professor Altair Nunes Porto Filho, Professora Mariana de Lourdes Lima e Professor Luiz Pessoa da Silva.  
                          
      COLÉGIO PROFESSOR LUIZ PESSOA DA SILVA








NOTA INFORMATIVA
MUSEUS DE CARUARU

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Diretoria dos Museus, informam que em virtude do Feriado da Proclamação da República, nessa quarta-feira (15/11/2017), os Museus de Caruaru estarão fechados. Retornando suas atividades na quinta-feira (16/11/2017) no horário das 8h às 17h



NOTA INFORMATIVA
MUSEUS DE CARUARU



Projeto o museu vai à escola


O Projeto Museu vai à Escola, é uma iniciativa da Diretoria dos Museus de Caruaru. Esta visa diminuir as distâncias entre o alunado e os museus desta cidade.
Para tanto, levamos às escolas, pequenas mostras e exposições itinerantes que provocam a curiosidade despertando o interesse na população pela visitação aos nossos museus.

Enquadrando-se na proposta da nova Museologia, o Projeto também aborda uma desconstrução de Museu apenas como espaço da guarda da memória, assim, mostrando que é possível um aprendizado aberto a discussões gerando um novo olhar à interdisciplinaridade.
O Museu vai à Escola, contempla o Museu da Fábrica de Caroá e o Memorial Mestre Galdino.
Pretendemos expandir para a população de Caruaru e cidades circunvizinhas, a importância de se conhecer a história política, econômica, social e cultural que tanto a Fábrica de Caroá como a Arte do Mestre Galdino causou.

Encerrando 2017 "O Projeto o Museu Vai à Escola" contempla mais duas Escolas Municipais: Professora Mariana de Lourdes Lima no  bairro Nossa Senhora das Dores trabalhando a Obra do Mestre Galdino, no período de 09 a 22 de novembro, podendo ser prorrogadas por mais uma semana. Já na próxima semana será na Escola Professor Luiz Pessoa bairro Santa Rosa, que apresenta a história da Fábrica de Caroá.


Escola Municipal Professora Mariana Lima










NOTA INFORMATIVA
MUSEUS DE CARUARU

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Diretoria dos Museus de Caruaru, informam que os Museus desta cidade, nas quartas-feiras,  estarão abertos ao público a partir das 14h até as 17h. Salientamos que no horário da manhã, nas datas abaixo citadas, os Agentes Culturais estarão em um curso de capacitação de “Processos Educativos de Mediação em Instituições Culturais”, para assim, melhor atender a população e os demais que nos visitam.


Seguem as datas:




QUARTAS-FEIRAS


8, 22 e 29 – novembro;
6 – dezembro.

NOTA INFORMATIVA
MUSEUS DE CARUARU

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Diretoria dos Museus, informam que em virtude do Feriado do Dia de Finados, nessa quinta-feira (02/11/2017), os Museus de Caruaru estarão fechados. Retornando suas atividades na sexta-feira (03/11/2017) no horário das 8h às 17h.


NOTA INFORMATIVA
MUSEUS DE CARUARU

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Diretoria dos Museus de Caruaru, informam que os Museus desta cidade, nas quartas-feiras,  estarão abertos ao público a partir das 14h até as 17h. Salientamos que no horário da manhã, nas datas abaixo citadas, os Agentes Culturais estarão em um curso de capacitação de “Processos Educativos de Mediação em Instituições Culturais”, para assim, melhor atender a população e os demais que nos visitam.

Seguem as datas:



QUARTAS-FEIRAS
25 – outubro;
8, 22 e 29 – novembro;
6 – dezembro.



NOTA INFORMATIVA

MUSEUS DE CARUARU

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Diretoria dos Museus, informam que em virtude do Feriado de Nossa Senhora da Conceição Aparecida Padroeira do Brasil, nessa quinta-feira (12/10/2017), os Museus de Caruaru estarão fechados. Retornando suas atividades na sexta (13/10/2017) no horário das 8h às 17h.




O museu vai à escola

Escola Municipal Paulina Monteiro

Escola Municipal Professor Altair Nunes Porto Filho

O Projeto Museu vai à Escola, é uma iniciativa da Diretoria dos Museus de Caruaru. Esta visa diminuir as distâncias entre o alunado e os museus desta cidade.
Para tanto, buscamos levar às escolas, pequenas mostras e exposições itinerantes que provoquem a curiosidade despertando o interesse na população pela visitação aos nossos museus.

Enquadrando-se na proposta da nova Museologia, o Projeto também aborda uma desconstrução de Museu apenas como espaço da guarda da memória, assim, mostrando que é possível um aprendizado aberto a discussões gerando um novo olhar à interdisciplinaridade.

O Museu vai à Escola, neste momento, contempla o Museu da Fábrica de Caroá e o Memorial Mestre Galdino.

Pretendemos expandir para a população de Caruaru e cidades circunvizinhas, a importância de se conhecer a história política, econômica, social e cultural que tanto a Fábrica de Caroá como a arte do Mestre Galdino causou.

Nesse 2° Semestre de 2017 "O Museu Vai à Escola" contempla mais duas Escolas Municipais: Paulina Monteiro no bairro Indianópolis (Museu Fábrica de Caroá) e Professor Altair Nunes Porto Filho no bairro do Cedro (Memorial Mestre Galdino), ambas no período de 21 de setembro a 05 de outubro de 2017, podendo ser prorrogadas por mais uma semana.

Escola Municipal Paulina Monteiro
Museu da Fábrica de Caroá





Escola Municipal Professor Altair Nunes Porto Filho
Memorial Mestre Galdino





NOTA INFORMATIVA

MUSEUS DE CARUARU




NOTA INFORMATIVA
MUSEUS DE CARUARU

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Diretoria dos Museus, informam que em virtude do Feriado Municipal de Nossa Senhora das Dores Padroeira da Cidade, nessa sexta-feira (15/09/2017), os Museus de Caruaru estarão fechados. Retornando suas atividades no sábado (16/09/2017) no horário das 8h às 17h



NOTA INFORMATIVA
MUSEUS DE CARUARU

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, junto a Diretoria dos Museus de Caruaru, informam que os Museus desta cidade, nas quartas-feiras,  estarão abertos ao público a partir das 14h até as 17h. Salientamos que no horário da manhã, nas datas abaixo citadas, os Agentes Culturais estarão em um curso de capacitação de “processos educativos de mediação em instituições culturais”, para assim, melhor atender a população e os demais que nos visitam.
Seguem as datas:
QUARTAS-FEIRAS
13 e 20 – setembro;
11, 18 e 25 – outubro;
8, 22 e 29 – novembro;
6 – dezembro.


FERIADO NACIONAL DA INDEPENDÊNCIA
07 de Setembro 2017








Horário de Funcionamento nas quartas-feiras!









II Exposição Fotográfica Novos Olhares


Exposição fotográfica do curso de Jornalismo reverencia obra de Onildo Almeida.
O Laboratório de Práticas e Estudos em Jornalismo (Lapej), mantido pelo curso de Jornalismo do Centro Universitário Tabosa de Almeida (Asces-Unita), promove, no Memorial da Cidade de Caruaru, a II Exposição Fotográfica Novos Olhares. A edição deste ano da mostra, que reúne imagens produzidas por estudantes do curso, tem como tema ‘A Feira de Caruaru’.
Nela, os alunos buscam representar, através da linguagem fotográfica, elementos que estão presentes na música de mesmo nome (‘A Feira de Caruaru’), de autoria de Onildo Almeida, e lançada por Luiz Gonzaga há exatas seis décadas (1957). O marco é, inclusive, um dos motivos para a escolha da temática (principalmente pela importância histórica, cultura e social para a região).
É isso que destaca o professor Diogenes Barbosa, da disciplina Fotojornalismo, que acompanhou e coordenou o desenvolvimento das imagens e da própria exposição. “Os quatro alunos envolvidos na produção (Geison Flávio, Elizabeth Barbosa, Rita Araújo e Iasmym Nunes) foram a campo com o desafio de ilustrar, através de imagens, itens que foram destacados por Onildo Almeida e cantados por Gonzaga. É um processo que, para eles (alunos), contribui com o reconhecimento de questões comportamentais, sociais e, claro, ártico-culturais da nossa região”, explica.
Ao total, a II Exposição Fotográfica Novos Olhares reúne 24 fotografias, em grande formato. As peças registram um pouco do cotidiano nas diferentes feiras que compõem ‘A Feira de Caruaru’ (Feira de Artesanato, Feira de Ervas, Feira da Goma, Feira de Aves...). Sempre com a perspectiva de registrar os espaços, as pessoas e os objetos sob perspectivas diferenciadas, que ajudem a construir “novos olhares” sobre a Feira.
Para o estudante Geison Flávio, o registro jornalístico foi muito simbólico. “Foi uma experiência incrível. É o meu primeiro trabalho com fotografia e poder registrar as características da Feira de Caruaru, em um ano em que a música em sua homenagem completou 60 anos tem um simbolismo muito forte”, destacou.
A II Exposição Fotográfica Novos Olhares é promovida pelo Laboratório de Práticas e Estudos em Jornalismo (Lapej) da Asces-Unita, e conta com o apoio da Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru e do vereador Ítalo Henrique.

Ela permanece no mezanino do Memorial da Cidade de Caruaru (na Rua Duque de Caxias, no Centro) até o dia 4 de setembro. O acesso é gratuito, e a visitação pode acontecer de terça a sexta-feira, das 8h às 17h; e nos sábados das 8h às 13h. 






Mestre Vitalino

Neste mês de Julho, relembramos o aniversário de Vitalino Pereira dos Santos,  nosso Mestre Vitalino, que estaria completando 108 anos se vivo estivesse. Nascido em Caruaru em 10 de julho de 1909 e falecido em 20 de janeiro de 1963. Foi um Grande ceramista popular, que com sua arte retratou a cultura do povo nordestino, considerado um dos maiores artistas do barro, seu trabalho elevou Caruaru e encantou o mundo no cenário das Artes Figurativas.





FERIADO MUNICIPAL - ANIVERSÁRIO DE CARUARU

18 de maio de 2017





----------------------------------------------------------------------------------------




FERIADO NACIONAL - DIA DO TRABALHADOR
Em virtude do Feriado Nacional do DIA DO TRABALHADOR, nesta segunda-feira (01/05/2017), os Museus da Cidade de Caruaru estarão fechados. Porém na terça-feira seguinte (02/05/2017), os Museus retornam suas atividades normais.



-------------------------------------------------------------------





FERIADO NACIONAL - TIRADENTES 



Em virtude do Feriado Nacional de Tiradentes, nesta sexta-feira (21/04/2017), os Museus da Cidade de Caruaru estarão fechados. Porém no dia seguinte, sábado (22/04/2017), os Museus retornam suas atividades normais. 





-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------





O museu vai à escola

O museu vai à escola, é uma iniciativa da Diretoria dos Museus de Caruaru. Esta visa diminuir as distâncias entre o alunado e os museus desta cidade.
Para tanto, buscamos levar às escolas, pequenas mostras e exposições itinerantes que provoquem a curiosidade despertando o interesse na população pela visitação aos nossos museus.
Enquadrando-se na proposta da nova museologia, o projeto também aborda uma desconstrução de museu apenas como espaço da guarda da memória, assim, mostrando que é possível um aprendizado aberto a discussões gerando um novo olhar à interdisciplinaridade.
O museu vai à escola, neste momento, contempla o Museu da Fábrica de Caroá. Inaugurada no ano de 1935, tal empreendimento trouxe consigo desenvolvimento econômico e industrial para a cidade de Caruaru, mantendo-se em atividade até o ano de 1978.
Assim, pretendemos expandir para a população de Caruaru e cidades circunvizinhas, a importância de se conhecer a história política, econômica e social que a Fábrica de Caroá causou durante o seu tempo de pleno funcionamento.

ESCOLA MUNICIPAL GUIOMAR LYRA (18/04 A 05/05)












Prorrogada a Exposição ZÉ CABOCLO: UM DOS ÍCONES DO UNIVERSO DO BARRO





-------------------------------------------------------------------------------------------------------



Exposição no Museu do Barro retrata a devoção das novenas católicas




O Museu do Barro de Caruaru (Mubac) através da SECULT/FUNDARPE, preparou para as festividades da Semana Santa a exposição “A Religiosidade em Barro - Novenas”. A mostra reúne peças das artesãs do Grupo Flor do Barro e retrata uma das tradições religiosas mais expressivas do Alto do Moura, a novena de São Sebastião.

“Novena é um festejo religioso de tradição da Igreja Católica, onde geralmente as pessoas se reúnem durante nove dias, como o próprio nome sugere, para fazer orações ao santo (a) padroeiro (a) do local. Aqui, mais precisamente no Alto do Moura, temos a novena de São Sebastião. A exposição, além de mostrar todos os ritos e devoção dessa tradição, irá revelar, através do acervo do Grupo Flor do Barro, todo o movimento que essa festividade envolve, principalmente ao redor da igreja, que costuma promover uma verdadeira confraternização entre os moradores e devotos, numa junção entre o sagrado e o profano”, conta a gestora do Mubac, Amélia Campello, que também assina a curadoria da mostra. Na mostra, os visitantes poderão ver estatuetas de banda de pífanos, barracas de prendas, conjunto de forró tocando, pessoas dançando, namorando, comprando, uma verdadeira festa popular. “Essas figuras representam as cenas de uma festa religiosa que popularmente conhecida como quermesse, que está intrinsecamente ligada às novenas católicas”, afirma Amélia Campello.

A exposição é fruto do trabalho desenvolvido pelo Grupo Flor do Barro, criado em 2014 e composto de 16 mulheres artesãs, que desenvolvem um trabalho de ressignificação da herança cultural do local deixada pelos mestres Vitalino, Zé Caboclo, Manuel Eudócio, Ernestina, Zé Rodrigues, dentre tantos outros. O objetivo do grupo é fazer com que se perpetuem os costumes da comunidade de artesão do Alto do Moura, fazendo uma reconstrução das tradições vividas na região.



----------------------------------------------------------



A exposição sobre o Mestre Zé Caboclo (28 à 31 de março de 2017) consiste em comemorações referente a data de seu aniversário. A mostra é significativamente importante para nós caruaruenses e, sobretudo, para os nordestinos, por trazer, não somente uma exposição em peças de barro, mas por evidenciar um personagem artesão que, assim como Vitalino, contribuiu com a difusão da história do Alto do Moura.
José Antônio da Silva, nasceu em 1921 em Caruaru, Pernambuco. Zé Caboclo foi casado com Celestina Rodrigues de Oliveira, com a qual teve oito filhos: Paulo, Antonio, José, Horácio, Helena, Socorro, Carmélia e Marliete (As três últimas são renomadas artesãs da nova geração de mestres da arte figurativa popular do Alto do Moura).
Em parceria com seu cunhado Manuel Eudócio, Zé Caboclo inovou técnicas e formas na produção de suas peças. Diferente dos brinquedos que faziam ainda quando crianças, uma das novidades que trouxeram foi a introdução do uso de arame e criação dos olhinhos em alto relevo, ao invés de fazê-los furadinhos. Os olhinhos dos bonecos passaram a ser pintados com pigmento branco e pontinho preto, uma inovação para a época e que continuam sendo utiliza até hoje pelos artesãos de todo o Nordeste.
Na EXPOSIÇÃO ZÉ CABOCLO: UM DOS ÍCONES DO UNIVERSO DO BARRO o visitante encontrará algumas das peças produzidas pelo Mestre, além das palestras que ocorrerão nos dias 28 e 30 da semana da exposição.

LOCAL:
Museu do Barro Espaço Zé Caboclo

28 a 31/03 de 8h às 17h
Exposição - Zé caboclo: Um dos Ícones do Universo do Barro
28/03 às 10h
Roda de conversa - com Marliete Rodrigues (Artesã e filha de Zé Caboclo)
30/03 às 10h

Palestra – A arte do Barro (Sivonaldo Nunes “Shivo”)













O museu vai à escola

O museu vai à escola, é uma iniciativa da Diretoria dos Museus de Caruaru. Esta visa diminuir as distâncias entre o alunado e os museus desta cidade.
Para tanto, buscamos levar às escolas, pequenas mostras e exposições itinerantes que provoquem a curiosidade despertando o interesse na população pela visitação aos nossos museus.
Enquadrando-se na proposta da nova museologia, o projeto também aborda uma desconstrução de museu apenas como espaço da guarda da memória, assim, mostrando que é possível um aprendizado aberto a discussões gerando um novo olhar à interdisciplinaridade.

O museu vai à escola, neste momento, contempla o Museu da Fábrica de Caroá e o Memorial Mestre Galdino.
Pretendemos expandir para a população de Caruaru e cidades circunvizinhas, a importância de se conhecer a história política, econômica, social e cultural que tanto a Fábrica de Caroá como a arte do Mestre Galdino causou.

Neste 1° Semestre de 2017 "O Museu Vai à Escola" esta presente em dois locais: Escola Municipal Reunidas Casa do Trabalhador, no período de 07 a 21 de março de 2017 (Museu Fábrica de Caroá), e, simultaneamente, expomos o Memorial Mestre Galdino na Escola Municipal Rubem de Lima Barros, no período de 09 a 23 de março de 2017, ambas as exposições podem ser prorrogadas por mais uma semana.

ESCOLA MUNICIPAL RUBEM DE LIMA BARROS






DIA INTERNACIONAL DA MULHER


SER FORTE

Até parece uma grande coisa, terem estabelecido uma data específica para as mulheres.
Na verdade, a mulher não precisa de um dia específico, de uma data pré-estabelecida, o seu dia, são todos os dias, pois estão vivas e são atuantes independentemente de dia, na verdade, nunca têm folga!
 As mulheres, sempre foram discriminadas, sempre estiveram em segundo lugar na escala de valores, e tudo isso se deve a esse regime patriarcal e machista em que vivem. Mas apesar disso tudo, elas estão cada vez mais conquistando o seu espaço e o seu lugar na sociedade.
 Já foi comprovado estatisticamente, que a mulher sofre discriminação em todas as áreas, principalmente na parte profissional, pois a mulher mesmo sendo muito competente, quando ocupa o mesmo cargo de um homem, o seu salário é bem menor. mas os homens não são os únicos culpados, pois essa discriminação existe por parte das próprias mulheres. Uma mulher, geralmente não confia em outra para exercer um cargo importante e de confiança.
Ser "feminista", não foi e nunca será a solução. A mulher não precisa se masculinizar para ser respeitada, achando que somente dessa forma ela poderá ser reconhecida e valorizada, pois mesmo sendo feminina, ou melhor, principalmente sendo feminina, ela pode mostrar o seu valor e a sua capacidade. A mulher sabe que dispõe de muitas "armas" em seu favor, pois mesmo mostrando "fragilidade", ela pode ser forte e decidida, e dessa forma, tirar da sua "sensibilidade" a força de que precisa.
 Mesmo vivendo nessa dura realidade, ela não deve perder o seu romantismo. Deve saber transformar a rotina do seu dia-a-dia, numa sucessão de novidades e descobertas, nunca desistindo dos seus sonhos. Mesmo quando estiver fraca, deve se mostrar forte e lutar sempre pela sua independência. Deve de tudo tirar uma lição de otimismo, pois em cada erro que ela cometer, é um ganho de experiência, para se transformar numa tentativa de um futuro acerto, pois errando, se aprende também. Deve ser resistente nas intempéries da vida, pois ela própria é vida, tem vida e gera vida, sendo assim, sabe a noção exata do que significa a palavra "AMOR" e "AMAR".
A mulher, com o seu jeitinho, e a sua delicadeza, soube galgar e conquistar o seu degrau na escada da vida, que inclui o seu lado profissional, o seu lado familiar e o seu lado pessoal. Assim sendo, ela nunca deve tentar se impor pela força, querendo mostrar "igualdade" com os homens, pelo contrário, ela deve fazer questão de ser sempre o "sexo frágil" e ter consciência, que "fragilidade", não significa fraqueza. Essa "fragilidade" na verdade, significa "sensibilidade".
 A mulher inteligente, deve fazer questão de ser tratada e considerada com um "vaso mais frágil", para ser tratada com respeito, com carinho, com amor, com cuidado,e é nesse momento que ela mostra a "força" que tem.
 Ser forte, não significa gritar, para ser ouvida e para chamar, se isso pode ser feito com uma voz doce e carinhosa. Não precisa exigir para conseguir as coisas, se com um jeitinho especial pode pedir e ser atendida. Não precisa "medir forças", "enfrentar", pois a sua força está na persuasão. Não precisa se "armar" pensando que está numa guerra física, achando que é vergonhoso recuar, pensando que com essa atitude perdeu a batalha, porque às vezes para se ganhar uma guerra, é preciso recuar, se fortalecer para então avançar com mais força, mais segurança, mais convicção e então atingir o seu alvo e conseguir o seu objetivo e assim vencer.
 Por isso tudo, viva a mulher, não somente no dia 8 de março (dia da mulher), não somente no segundo domingo do mês de maio (dia das mães), não somente no dia das avós (que é mãe e mulher duas vezes), Mas sim, viva a mulher, todos os dias, todas as horas, todos os minutos e todos os segundos, porque a "mulher" é sempre "mulher" todo o tempo.



O museu vai à escola

O museu vai à escola, é uma iniciativa da Diretoria dos Museus de Caruaru. Esta visa diminuir as distâncias entre o alunado e os museus desta cidade.
Para tanto, buscamos levar às escolas, pequenas mostras e exposições itinerantes que provoquem a curiosidade despertando o interesse na população pela visitação aos nossos museus.
Enquadrando-se na proposta da nova museologia, o projeto também aborda uma desconstrução de museu apenas como espaço da guarda da memória, assim, mostrando que é possível um aprendizado aberto a discussões gerando um novo olhar à interdisciplinaridade.
O museu vai à escola, neste momento, contempla o Museu da Fábrica de Caroá. Inaugurada no ano de 1935, tal empreendimento trouxe consigo desenvolvimento econômico e industrial para a cidade de Caruaru, mantendo-se em atividade até o ano de 1978.
Assim, pretendemos expandir para a população de Caruaru e cidades circunvizinhas, a importância de se conhecer a história política, econômica e social que a Fábrica de Caroá causou durante o seu tempo de pleno funcionamento.

Neste 1° Semestre de 2017 "O Museu Vai à Escola" contemplou a Escola Municipal Reunidas Casa do Trabalhador. A Exposição ficará na Escola no período de 07 a 21 de março de 2017, podendo ser prorrogada por mais uma semana.








Curso de Elaboração e Gestão de Projetos Culturais


20 FEV 18H - 11 MAR 22H Museu do Barro



O QUÊ?

Com objetivo de abordar todo o processo de elaboração e gestão cultural, o curso trará o passo a passo de como elaborar, gerir e prestar contas de um projeto. Ministrado pelo produtor Ticiano Arraes, a formação tem foco no edital do Funcultura Geral e nas linhas que contemplam a área de literatura.

Com 40h, o curso propiciará ao participante acesso a detalhes de todo o processo: desde o planejamento das ações e elaboração escrita do projeto até a gestão das atividades e a prestação de contas. A proposta desta formação é descomplicar todo o processo, apresentar mudanças que já vigoram no Funcultura e apresentar de forma completa o trabalho de produção cultural.

Serão três turmas, uma em Recife, na ORBE, e as outras nos municípios de Salgueiro, na Casa da Cultura, e em Caruaru, no Museu do Barro.

CONTEÚDO?

Tópico 1 | Planejamento e Elaboração de Projetos Culturais:

Apresentação; 

Objetivo Geral, Objetivos Quantitativos, Objetivos Qualitativos e Objetivos Específicos; 

Justificativa;

Etapas/Metodologia/Cronograma de realização;

Contrapartidas; 

Público Alvo, Democratização do Acesso, Acessibilidade;

Detalhamento do projeto por área; 

Orçamento.


Tópico 2 | Gestão de Projetos e Prestação de Contas:

Plano de trabalho;

Contratação de equipe;

Responsabilidades da equipe;

Distribuição das funções e tarefas;

Contratação de fornecedores;

Execução das Metas;

Monitoramento das atividades;

Aplicação de marcas;

Pagamentos;

Readequação das planilhas / remanejamentos;

Prestação de contas parcial e final;

Conclusão das atividades e relatoria.

QUANDO?

CARUARU

Módulo 1 - de 20/02 a 23/02 [das 18h às 22h]
Módulo 2 - de 06/03 a 11/03 [das 18h às 22h]



QUANTO?
O investimento é de R$ 30,00

PÚBLICO?
Escritores, poetas, ilustradores, designers, pesquisadores de diversas áreas, autores, contistas, editores, interessados em publicações em geral e quadrinistas, produtores, gestores e interessados na elaboração e gestão de projetos.

COM QUEM?
Ticiano Arraes é designer, produtor cultural e sócio da Orbe. Desde 2009 elabora projetos em parceria com profissionais das mais variadas áreas, tendo diversos projetos aprovados em editais como Funcultura e Lei Rouanet e realizado a produção executiva de projetos do próprio Funcultura e do Centro Cultural Correios.

INCENTIVO
Este curso tem o incentivo do Funcultura, Fundarpe, Secretaria de Cultura e Governo do Estado de Pernambuco.



Mais informações e inscrições:
https://www.eventick.com.br/elaboracao-e-gestao-literatura



MANUEL EUDÓCIO
13 DE FEVEREIRO UM ANO SEM EUDÓCIO

Manuel Eudócio Rodrigues, o mestre Eudócio, nasceu na comunidade do Alto do Moura, bairro da cidade de Caruaru-PE, no dia 28 de janeiro de 1931, membro de uma família de ceramistas que trabalhava na produção de peças  utilitárias, como panelas, jarros, potes, etc. Foi assim, no seio de sua família, seu primeiro contato com o barro, que naquela época era usado por ele para fazer seus próprios brinquedos, um costume muito comum entre as crianças do interior.
Foi em 1948 que Manuel Eudócio conheceu o mestre Vitalino, quando este se mudou de Sítio Campos para o Alto do Moura. Manuel Eudócio tornou-se então discípulo do mestre Vitalino e juntamente com seu cunhando Zé Caboclo começou a produzir esculturas em barro natural. Sempre fez todo tipo de peça: Lampião, Maria Bonita, cangaceiros, médico operando doente, casamento na roça, dentista extraindo dente etc., mas nunca escondeu sua preferência pelo boi, uma das primeiras peças feitas pelo mestre; o boi  se tornou ao longo dos anos um ícone da sua obra. Além dessas peças individuais, Manuel Eudócio naquela época já reproduzia no barro os folguedos populares da região, como o maracatu e o bumba-meu-boi, que o mestre também denomina reisado ou cavalo-marinho.
O bumba-meu-boi do mestre Eudócio, composto por 28 peças, é um conjunto de impressionante impacto visual, com figuras muito elaboradas que revelam o gestual de cada brincante. É um conjunto que referencia o reisado que o próprio mestre participava como brincante; figurou como Segundo Galante e seu irmão como Jaraguá.

As peças de Manuel Eudócio depois de manipuladas em barro úmido são queimadas em um forno a lenha que ele mantém no quintal de sua casa, depois são decoradas com tinta a óleo, brilhosa ou fosca. A família o ajuda e tem na nova geração a esperança de continuidade. Dos nove filhos de Manuel Eudócio, dois deles – Carlos e José Ademildo trabalham na arte de moldar o barro.
Seu trabalho alcançou um grande reconhecimento nacional, especialmente nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia, além de Pernambuco. No exterior, conquistou clientes alemães, franceses, portugueses e norte-americanos.
Em agosto de 2005, o artista foi homenageado com uma exposição individual – Manuel Eudócio: Patrimônio Vivo, realizada na Sala do Artista Popular do Museu do Folclore do Rio de Janeiro e neste mesmo ano foi homenageado na FEBRARTE (Feira Brasileira de Artesanato) no Recife com uma exposição intitulada – Manuel Eudócio, um cronista do seu tempo.
Em 2002 Manuel Eudócio foi um contemplado com o título de “Patrimônio Vivo de Pernambuco”, através da Lei estadual nº 12.196 de 2 de maio de 2002.

Manuel Eudócio Rodrigues faleceu no dia 13 de fevereiro de 2016. Deixando saudade e um grande legado, assim como outro grande mestre e seu amigo Vitalino.
Texto (Arte Popular Brasil)


54 ANOS SEM VITALINO PEREIRA DOS SANTOS
(20 de Janeiro de 2017)


Foi no Sítio Campos, em Caruaru, que Vitalino desde criança já brincava com o barro, manuseando como “gente grande”. Foi na Feira de Caruaru que ficou famoso, com sua arte e simplicidade levou o nome de sua cidade a todo o mundo maravilhando e seduzindo a todos e todas, contando através de suas obras o cotidiano do povo Nordestino.

Mestre do barro, conhecido e reconhecido, Vitalino faz escola e forma vários discípulos, eternizando assim, a sua arte de brincar com o barro como “gente Grande”.

Dia 20 de janeiro de 1963, vítima de varíola, morre o Mestre, Vitalino Pereira dos Santos.



Funcultura Audiovisual 2016/2017

13 de Janeiro de 2017 - MUSEU DO BARRO ESPAÇO ZÉ CABOCLO

Constitui objeto do presente Edital, a seleção de projetos oriundos de produção pernambucana independente de obras audiovisuais e eventos do setor através do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura – FUNCULTURA, para as categorias de longa-metragem, curta-metragem, produtos para televisão, difusão, formação, pesquisa, preservação, cineclubismo e revelando os pernambucos, e do FUNDO SETORIAL DO AUDIOVISUAL – FSA, para as categorias específicas de longa-metragem e produtos para televisão, com o objetivo de incentivar as diversas formas de manifestação do setor audiovisual em Pernambuco, reconhecendo suas peculiaridades e fases, contribuindo para o desenvolvimento do mercado audiovisual no Estado.
Os projetos deverão abordar temáticas e valores culturais que expressem características brasileiras; promova a democratização do acesso aos bens culturais e a valorização de atividades formativas em Audiovisual. Por meio deste Edital o FUNCULTURA e o FSA disponibilizarão recursos financeiros no valor total de R$ 20.150.000,00 (vinte milhões, cento e cinquenta mil reais), para edição de 2016/2017. Desse montante R$ 10.150.000,00 (dez milhões, cento e cinquenta mil reais) serão disponibilizados pelo FUNCULTURA e R$ 10.000.000,00 (dez milhões de reais) disponibilizados pelo Fundo Setorial do Audiovisual.
Inscrições de 27 de janeiro a 17 de fevereiro de 2017.
FONTE: http://www.cultura.pe.gov.br/editais/funcultura-audiovisual-20162017/


Horário de Funcionamento dos Museus - Período Natalino

Devido ao período natalino, o horário de funcionamento dos Museus da Cidade de Caruaru será diferenciado, segue nota informativa com maiores informações.



Homenagem ao Rei do Baião, Luiz Gonzaga

O Museu do Forró Luiz Gonzaga, promove nesta terça-feira, 13 de dezembro de 2016, uma roda de conversa para homenagear Luiz Gonzaga. A iniciativa da Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru faz parte de um tributo ao Rei do Baião, que faleceu há 26 anos.
A programação está marcada para acontecer ao longo do dia no referido espaço museológico que é dedicado ao ilustre pernambucano, natural da cidade de Exu. A roda de conversa e as entrevistas acontecem com o cantor e compositor Onildo Almeida, com a escritora Fátima Marcolino, com o Arquiteto Marcus Bastos (filho do falecido artista plástico Filemon Bastos), com o professor e historiador José Urbano, com a Diretora dos Museus de Caruaru Regina Lúcia, com o Agente Cultural Rowano Cavalcante, com o músico Vinícius Amorim e com o ator Adélio Lima (protagonista do Filme: Gonzaga de Pai para Filho). Na ocasião acontecerá, também, uma visita guiada para apresentação do significativo acervo de Luiz Gonzaga que se encontra distribuído em 2 salas do Museu.
Para garantir a animação do público, o trio de forró pé-de-serra Tabajara, estará botando todos para dançar.

Durante todo o dia o Museu estará, ainda, recebendo visitas de escolas. Segue registro da primeira instituição educacional que visitou o Museu do Forró Luiz Gonzaga neste dia de comemorações, a Escola Municipal Duque de Caxias.




DIA NACIONAL DO FORRÓ

Institui o dia 13 de dezembro como o "Dia Nacional do Forró".

Hoje 13 de dezembro comemoram-se em todo país o Dia Nacional do Forró. A data é uma homenagem ao dia do nascimento do maior sanfoneiro que o Brasil já conheceu – LUIZ GONZAGA.
O Forró é um ritmo típico do Nordeste Brasileiro, praticado nas festas juninas e em outros eventos da região. Conhecido e praticado em todo o Brasil, o forró é especialmente popular nas cidades brasileiras de Caruaru, Campina Grande, Mossoró e Juazeiro do Norte, que sediam as maiores Festa de São João do país. Já nas capitais Aracaju, Fortaleza, João Pessoa, Natal, Maceió, Recife, Teresina e Salvador, são tradicionais as festas e apresentações de bandas de forró em eventos privados que atraem especialmente os jovens.
Diante da imprecisão do termo “Forró”, normalmente há uma generalização de vários ritmos musicais do Nordeste associados, como: o baião, a quadrilha, o xaxado, que têm influências holandesas e o xote, que tem influência portuguesa. São tocados, tradicionalmente, por trios, compostos de um sanfoneiro (tocador de acordeão, que no forró é tradicionalmente a sanfona de oito baixos), um zabumbeiro e um tocador de triângulo.


_________________________________________________

13 de dezembro de 2016


ANIVERSÁRIO DE NASCIMENTO DE GONZAGÃO

Filho de Januário José Santos, lavrador e sanfoneiro, e de Ana Batista de Jesus, agricultora e dona de casa, Luiz Gonzaga do Nascimento nasceu na cidade de Exu, Pernambuco, em 13 de dezembro de 1912. Interessou-se, ainda criança, pela sanfona de oito baixos do pai, a quem ajudava tocando zabumba e cantando em festas religiosas e feiras.
Em 1930 sai de casa para alistar-se no exército como voluntário, nessa época já levava consigo o adjetivo de sanfoneiro. Viajou pelo Brasil como corneteiro e, de vez em quando se apresentava em festas, tocando sanfona. Em 1939, não mais servindo ao exército, foi morar no Rio de Janeiro.
Passou a tocar nos mangues, no cais, em bares, nos cabarés da Lapa, além de se apresentar nas ruas, passando o chapéu para recolher dinheiro. Começou a participar de programas de calouros, até que, no programa de Ary Barroso na Rádio Nacional, solou uma música sua, Vira e mexe, e ficou em primeiro lugar. A partir de então, começou a participar de vários programas radiofônicos, inclusive gravando discos, como sanfoneiro, para outros artistas, até ser convidado para gravar como solista, em 1941.

Em 1943, já na Rádio Nacional, passou a se vestir como vaqueiro nordestino e começou a parceria com Miguel Lima, que colocou letra em Vira e mexe, transformando-a em Chamego, com bastante sucesso. Nessa época, recebeu de Paulo Gracindo o apelido de Lua.

A partir daí várias músicas fizeram sucesso: Dança, Mariquinha e Cortando Pano, Penerô Xerém e Dezessete e Setecentos, agora gravadas pelo sanfoneiro e, também cantor, Luiz Lua Gonzaga. No mesmo ano, tornou-se parceiro do cearense Humberto Teixeira, com quem sedimentou o ritmo do baião, com músicas que tematizavam a cultura e os costumes nordestinos. Seus sucessos eram quase anuais: Baião e Meu Pé de Serra (1946), Asa Branca (1947), Juazeiro e Mangaratiba (1948) e Paraíba e Baião de Dois (1950).

Em 1947 conheceu Zé Dantas, seu novo parceiro, pois Teixeira cumpria mandato de deputado estadual, afastando-se da música. Já em 1950, fizeram sucesso com Cintura Fina e A Volta da Asa Branca. Nessa década, a música nordestina viveu sua fase áurea e Luiz Gonzaga virou o Rei do Baião.
Suas músicas começaram a ser regravadas pelos jovens cantores: Geraldo Vandré, Gilberto Gil, Caetano Veloso, que o citavam como uma das influências. Durante os anos 70, fez shows no Teatro Municipal, de São Paulo e no Tereza Raquel, do Rio de Janeiro.
Nos anos 80 gravou com Raimundo Fagner, Dominguinhos, Elba Ramalho, Milton Nascimento etc. Sua dupla com Gonzaguinha deu certo. Fizeram shows por todo o país com A Vida de Viajante, passando a ser chamado de Gonzagão. Em 84, recebeu o primeiro disco de ouro com Danado de Bom. Por esta época apresentou-se duas vezes na Europa; e começaram a surgir os livros sobre o homem simples e, por vezes, até ingênuo, que gravou 56 discos e compôs mais de 500 canções.



Luiz Gonzaga morreu em Recife (PE), em 2 de agosto de 1989.




OFERENDAS: Obrigações do Sagrado
Em exposição de 18 de novembro a 10 de dezembro

O Candomblé é uma forma de culto existente no Brasil das divindades de origem africanas.
As Oferendas tem um papel fundamental no universo das religiões afro-brasileiras, estando presente em praticamente todos os momentos, seja durante uma oferta sagrada aos orixás, como também nos banquetes, ou nas festas costumeiras. Pretendemos com essa exposição mostrar e informar o papel que as oferendas exercem neste contexto específico, ressaltando as práticas alimentares enquanto elemento sagrado. Pretendemos mostrar também a importância das oferendas na formação da identidade dentro da religiosidade afro-brasileira, fazendo parte dos cultos, servindo de agradecimento cerimonial como elemento de vinculo entre essas duas esferas, a divina e a humana, servindo também como importante momento socioreligioso, agrupando as pessoas em torno do sagrado.









______________________________________________

Exposição “FIGURAS DE BARRO”
EXPOSIÇÃO NO MEMORIAL DA CIDADE

Sivonaldo Nunes de Araújo (Shivo) é natural de Caruaru, nascido em 06 de Janeiro de 1979. Casado e pai de um casal de filhos, reside no Alto do Moura há 9 anos, onde passou a desenvolver sua própria técnica como ceramista, modelando o barro e criando suas figuras real e surreal. Participou de várias exposições coletivas; em uma delas ganhou Menção Honrosa com a peça: O Museu do Mamulengo, obra esta, exposta no Salão de Arte Popular Ana Holanda, no ano de 2014, na FENEARTE.
É formado em Turismo (2005) pela Unifavip Devry. Atua, também, como Produtor Cultural, tendo realizado quatro filmes de ficção com premiações em festivais. Nesses audiovisuais, Shivo fala de sua relação com o Alto do Moura e o Barro.
Tudo começou em 1998, quando realizou com os colegas de escola um documentário em que o Sr. Severino Vitalino e outros artesãos do Alto do Moura foram entrevistados. Em 2000 e anos consecutivos, juntamente com alguns amigos artistas, sai no Bloco Ìspein Pá Parbiá, que era puxado pela Banda de João do Pife e Bio do Pífano pelas ruas do Alto do Moura. Em 2006, junto com uma amiga, Regina Lúcia, monta um bloco: Boneco de Barro, acompanhado pelo grupo de Maracatu Nação do Barro, João do Pife e Catrevagem, saem da Casa Museu Mestre Vitalino com destino ao Museu Mestre Galdino.
Contudo, sua relação com o barro surge em 2007 quando vai morar vizinho a Casa Museu Mestre Vitalino, no Alto do Moura, momento em que passa a se relacionar com os mestres e artesãos e fica encantado com seus trabalhos. Em 2008, faz sua primeira peça, de nome Toroto; daí em diante, não para mais. Sua grande influência vem dos Mestres Vitalino e Galdino, dois grandes artistas que desenvolveram suas criações sob pontos de vista de mundo diferenciados. É autodidata e desenvolve seus trabalhos como ceramista de acordo com o seu mundo particular, criando peças únicas e de uma variedade sem limites.
Atualmente, Shivo trabalha em seu ateliê e, também, como funcionário público nos Museus do Alto do Moura, a saber: Casa Museu Mestre Vitalino e Memorial Mestre Galdino.

Local: Memorial da Cidade de Caruaru
Endereço: Rua Duque de Caxias, 1000 - Nossa Senhora das Dores
Horário: Terça a Sexta das 8h às 17h | Sábado das 8h às 13h


PROJETO “O MUSEU VAI À ESCOLA”

Escola Municipal Nossa Senhora de Fátima (Casa da Criança)
07 a 28 de setembro de 2016






PROJETO “O MUSEU VAI À ESCOLA”

Escola Municipal Professor José Florêncio Leão
30 de agosto a 20 de setembro de 2016

__________________________________________________________

PROJETO “O MUSEU VAI À ESCOLA”
Escola Municipal Professor Laurentino
09 a 23 de agosto de 2016

O Projeto “O MUSEU VAI À ESCOLA”, é uma iniciativa da Diretoria dos Museus de Caruaru/FCTC. Este visa diminuir as distâncias entre o alunado e os Museus dessa cidade.
Para tanto, buscamos levar às escolas, mostras e exposições itinerantes que provoquem a curiosidade, despertando o interesse para a visitação aos nossos Museus.
Enquadrando-se na proposta da nova museologia, o projeto também aborda uma desconstrução de Museu apenas como espaço da guarda da memória, assim, mostrando que é possível um aprendizado aberto a discussões, gerando um novo olhar à interdisciplinaridade.
O MUSEU VAI À ESCOLA, iniciou as atividades contemplando o Museu da Fábrica de Caroá. Inaugurada no ano de 1935, tal empreendimento trouxe consigo desenvolvimento econômico e industrial para a cidade de Caruaru, mantendo-se em atividade até o ano de 1978.
Continuamos com o Museu da Fábrica de Caroá, como o primeiro Museu no Projeto, com o propósito de levar a história desta Fábrica a muitas outras escolas que não a conhecem. Assim, pretendemos expandir para a população de Caruaru e cidades circunvizinhas, a importância de se conhecer a história política, econômica e social que a Fábrica de Caroá causou durante o seu tempo de pleno funcionamento.
O Projeto teve início na Escola Municipal Profª Gianete Silva no período de 13 a 29 de Novembro de 2013. Em 2014, reiniciamos nossas atividades no anexo da Escola Municipal Professora Sinhazinha, no bairro do Salgado. Em 2015 continuamos com o projeto na Escola Municipal Professora Laura Florêncio no bairro do salgado e na Escola Municipal Professor Leudo Valença no bairro das Rendeiras. Já em 2016 contemplamos as Escolas Professor Laurentino, no bairro Boa Vista II, Professor José Leão Florêncio, centro e Escola Municipal Nossa Senhora de Fátima no bairro Indianopólis.


XV Exposição Coletiva de Artes Plásticas de Caruaru
04 a 29 de junho de 2016

Realizada no Polo Cultural da Estação Ferroviária a XV Exposição Coletiva de Artes Plásticas de Caruaru, conta com a participação de 20 artistas plásticos de Caruaru e região que mostram através da sua arte temas regionais.
O Salão conta com um total de 75 obras de arte, entre telas e painéis em MDF e barro. As obras vão desde a arte acadêmica até a arte contemporânea.
O espaço está aberto ao público desde o dia 30 de maio até 29 de Junho.

Local: Polo da Estação Ferroviária
Horário: Terça a Sábado das 19h às 24h.

 Dom – 15h às 24h
_________________________________





Sivonaldo Nunes de Araújo (Shivo), é natural de Caruaru, nascido em 06 de Janeiro de 1979. Casado e pai de um casal de filhos, reside no Alto do Moura há 9 anos, onde passou a desenvolver sua própria técnica como ceramista, modelando o barro e criando suas figuras real e surreal. Participou de várias exposições coletivas; em uma delas ganhou Menção Honrosa com a peça: O Museu do Mamulengo, obra esta, exposta no Salão de Arte Popular Ana Holanda, no ano de 2014, na FENEARTE.

É formado em Turismo (2005) pela Unifavip Devry. Atua, também, como Produtor Cultural, tendo realizado quatro filmes de ficção com premiações em festivais. Nesses audiovisuais, Shivo fala de sua relação com o Alto do Moura e o Barro.

Tudo começou em 1998, quando realizou com os colegas de escola um documentário em que o Sr. Severino Vitalino e outros artesãos do Alto do Moura foram entrevistados. Em 2000 e anos consecutivos, juntamente com alguns amigos artistas, sai no Bloco Ìspein Pá Parbiá, que era puxado pela Banda de João do Pife e Bio do Pífano pelas ruas do Alto do Moura. Em 2006, junto com uma amiga, Regina Lúcia, monta um bloco: Boneco de Barro, acompanhado pelo grupo de Maracatu Nação do Barro, João do Pife e Catrevagem, saem da Casa Museu Mestre Vitalino com destino ao Museu Mestre Galdino.

Contudo, sua relação com o barro surge em 2007 quando vai morar vizinho a Casa Museu Mestre Vitalino, no Alto do Moura, momento em que passa a se relacionar com os mestres e artesãos e fica encantado com seus trabalhos. Em 2008, faz sua primeira peça, de nome Toroto; daí em diante, não para mais. Sua grande influência vem dos Mestres Vitalino e Galdino, dois grandes artistas que desenvolveram suas criações sob pontos de vista de mundo diferenciados. É autodidata e desenvolve seus trabalhos como ceramista de acordo com o seu mundo particular, criando peças únicas e de uma variedade sem limites.

Atualmente, Shivo trabalha em seu ateliê e, também, como funcionário público nos Museus do Alto do Moura, a saber: Casa Museu Mestre Vitalino e Memorial Mestre Galdino.

Local: Museu do Barro/Espaço Zé Caboclo
Horário: Terça a Sábado - 08h às 17h
Domingo: 09h às 13h
04 de junho a 31 de julho de 2016













_________________________________________________________________________________


Em virtude das comemorações do período junino que acontecem no Pátio de Eventos Luiz Lua Gonzaga e entorno, a Diretoria dos Museus de Caruaru informa que o acesso dos visitantes e turistas ao Museu do Forró Luiz Gonzaga e ao Museu do Barro – Espaço Zé Caboclo seja realizado pelo portão que dá acesso ao Museu da Fábrica de Caroá (portão em frente a Praça da Criança), visto que os demais acessos ao Pátio de Eventos encontram-se fechados durante os festejos do São João.



CONVITE

14ª Exposição de Mesas Juninas

Dia:08 de junho de 2016

Horário: 20h
Homenageada - Maria Eugênia da Silva 

(Maria do Pé-de-Moleque Gigante)


25 de maio de 2016: 20 anos sem o Mestre Galdino


Manuel Galdino de Freitas, o mestre Galdino, foi um dos mais famosos e importantes ceramistas do Brasil. Ele nasceu em São Caetano-PE em 1928, mas aos onze anos se mudou para Caruaru. Casou-se com Maria Rendeira e teve três filhos. Em Caruaru trabalhou como oleiro e foi operário da construção civil pela prefeitura municipal, mas a fama e a notoriedade veio mesmo foi com seu trabalho como ceramista, embora tenha sido ainda cantador de viola e poeta de cordel. Sua trajetória como artista iniciou em 1974 quando foi enviado pela Prefeitura de Caruaru para realizar serviços no Alto do Moura. Lá fez vários amigos que o introduziram na arte de "bonecos", a principal atividade local. A identificação com o trabalho realizado pelos artistas do Alto do Moura foi tanta que Mestre Galdino pediu demissão do emprego na prefeitura, vendeu a casa que tinha e se mudou definitivamente com a família para o Alto do Moura. De lá só saiu com sua morte em 1996.



Atualmente as peças do Mestre Galdino são encontradas apenas em museus ou na mão de colecionadores. O Museu do Barro de Caruaru e o Memorial Mestre Galdino, são alguns dos museus onde se pode admirar a obra do mestre. Manoel Pãozeiro, São Francisco Cangaceiro, a lombinha sentada, a viagem de Maria ao Egito, o galinho de Jesus e a raposa que come o macaco. Essas são algumas das peças mais famosas do Mestre Galdino que se encontram no memorial criado em sua homenagem no Alto do Moura. O museu abriga cerca de 30 peças do artesão, poesias, fotografias e textos sobre a vida e obra do artista.

Memorial Mestre Galdino:
Rua São Sebastião, 181, Alto do Moura, Caruaru-PE

Visitas: terça a sábado, 8 às 17h; domingo, 8 às 13h.


CONVITE - ABERTURA DO SÃO JOÃO 2016


A Diretoria dos Museus de Caruaru, convida a todos os funcionários dos espaços museológicos da Cidade para participarem do lançamento oficial do São João 2016 de Caruaru.


Data: 26 de maio de 2016
Horário: 20h
Local: Espaço Renato Machado (PE-95, próximo ao Palladium)



Feriado Municipal - Aniversário de Caruaru
Nesta quarta-feira (18/05/2016) é feriado municipal em Caruaru, devido a comemoração do aniversário da Cidade e, por este motivo, os espaços museológicos do município estarão fechados.
Lembramos que no dia seguinte, quinta-feira (19/05/2016), voltamos com nossas atividades normais.

14ª Semana de Museus - 2016
Projeto Duas Cantigas



Nesse mês de maio, os caruaruenses e visitantes terão novas oportunidades para explorar a cultura regional no período da noite. A Fundação de Cultura e Turismo, por meio da Diretoria de Museus e de Ações Culturais, promove o Projeto “Duas Cantigas”, que faz parte da programação da 14ª Semana dos Museus em Caruaru, que este ano acontece entre os dias 16 e 22 de maio de 2016 e tem como tema “Museus e Paisagens Culturais”. O evento faz referência ao Dia Internacional dos Museus, comemorado no dia 18 de maio.

O projeto “Duas Cantigas” terá início na segunda-feira (16), a partir das 19h, e segue até o dia 25, com visitas guiadas e apresentações musicais, cada noite em um Museu da cidade. A entrada é gratuita e o objetivo é proporcionar àquelas pessoas que durante o dia, no horário normal do funcionamento dos Museus, por algum motivo, não conseguem visitá-los. Essa ação oportuniza que a população possa conhecer os Espaços Museológicos de Caruaru e, com isso, possa ouvir boa música.

Segue abaixo a programação completa do Projeto Duas Cantigas:
16 de Maio (Segunda-feira)
Atração: Fábio Duarte e Airon Florêncio
Local: Museu do Forró Luiz Gonzaga
Horário: 19h
17 de Maio (Terça-feira)
Atração: Fábio Duarte e Airon Florêncio
Local: Museu da Fábrica de Caroá
Horário: 19h
19 de Maio (Quinta-feira)
Atração: Fábio Duarte e Airon Florêncio
Local: Memorial da Cidade de Caruaru
Horário: 19h
20 de Maio (Sexta-feira)
Atração: Fábio Duarte e Airon Florêncio
Local: Casa de Cultura José Condé
Horário: 19h
24 de Maio (Terça-feira)
Atração: Fábio Duarte e Airon Florêncio
Local: Casa Museu Mestre Vitalino
Horário: 19h
25 de Maio (Quarta-feira)
Atração: Fábio Duarte e Airon Florêncio
Local: Memorial Mestre Galdino
Horário: 19h





FERIADO NACIONAL - DIA DOS TRABALHADORES 

Em virtude do Feriado Nacional do Dia dos Trabalhadores, neste domingo (01/05/2016), os Museus da Cidade de Caruaru estão fechados. Porém na terça-feira seguinte (03/05/2016), os Museus retornam suas atividades normais.



FERIADO NACIONAL - TIRADENTES 

Em virtude do Feriado Nacional de Tirantes, nesta quinta-feira (21/04/2016), os Museus da Cidade de Caruaru estão fechados. Porém no dia seguinte, sexta-feira (22/04/2016), os Museus retornam suas atividades normais.


Exposição Fotográfica: Novos Olhares

A exposição fotográfica “Novos Olhares” acontece no Memorial da Cidade de Caruaru, de 30 de março até 29 de abril de 2016. A mostra é fruto de uma ação do curso de Jornalismo da Faculdade Asces que aconteceu no Alto do Moura e tem como intuito homenagear a categoria, uma vez que no dia 07 de abril comemora-se o dia do Jornalista.
O curso de Jornalismo da Asces foi recém-criado e os alunos que realizaram o projeto estão no segundo ano da graduação. A ação é uma atividade prática, colocada como pré-requisito, para conclusão da disciplina de Fotojornalismo. O resultado obtido consistiu em centenas de registros fotográficos, dos mais diversos artistas que desenvolvem seus trabalhos artesanais, no Alto do Moura.
Foram selecionadas 40 fotografias para compor a exposição. As imagens retratam/evidenciam novas perspectivas – as construídas por cada estudante – dos futuros profissionais da área de comunicação, acerca da arte local com as peculiaridades próprias dos artistas registrados.
Todas as imagens foram reproduzidas em grandes formatos, com proporções que medem até 60 cm, para que seja possível evidenciar os detalhes das peças fotografadas, a luminosidade, os traços e cores, a título de exemplo.
A realização da exposição é da Asces e do Laboratório de Práticas e Estudos em Jornalismo – LAPEJ e o apoio é da Prefeitura Municipal de Caruaru e da Fundação de Cultura e Turismo.

Veja algumas das fotografias que se encontram expostas:






Local: Memorial da Cidade de Caruaru
Endereço: Rua Duque de Caxias, 1000 - Centro
Horário: Terça à Sexta: 8h às 17h | Sábados: 8h às 13h
Período: 30/03/16 à 29/04/16


Zé Caboclo
28 de março de 1921


José Antonio da Silva, o Zé Caboclo, nasceu em 28 de março de 1921 em Caruaru, Pernambuco. Zé caboclo foi casado com Celestina Rodrigues de Oliveira, com a qual teve 8 filhos: Paulo, Antonio, José, Horácio, Helena, Socorro, Carmélia e Marliete (as três últimas são renomadas artesãs da nova geração de mestres da arte figurativa popular do Alto do Moura).
Zé caboclo era filho de uma de louçeira, Josefa Maria da Conceição, e desde criança, como era costume na época, modelava o barro para fazer seus próprios brinquedos. Foi esse seu caminho inicial para se tornar um dos mais conceituados bonequeiros do Alto do Moura. No final da década de 1940, juntamente com seu cunhado Manuel Eudócio, começou a acompanhar o mestre Vitalino na arte de moldar o barro e com eles formou o mais importante trio de artistas populares do Alto do Moura.
Em parceria com seu cunhado Manuel, Zé Caboclo inovou técnicas e formas na produção de suas peças. Diferente dos brinquedos que faziam ainda quando crianças, uma das novidades que trouxeram foi a introdução do uso de arame e criação dos olhinhos em alto relevo, ao invés de fazê-los furadinhos. Os olhinhos dos bonecos passaram a ser pintados com pigmento branco e pontinho preto, uma inovação para a época e que continua sendo utilizada até hoje pelos artesãos de todo o Nordeste.
Além das mudanças impressas no realismo das figuras e cenas mais parecidas, Zé Caboclo destacava em sua produção as figuras de velhos, que era justificada por ele pelo fato de que quando criança gostava de conversar com pessoas idosas. Além disso, de acordo com as tendências do mercado da época modelava médicos, advogados, dentistas, engraxates, lenhadores, sapateiros, pescadores e outros profissionais.

Zé Caboclo faleceu em Caruaru em 22 de junho de 1973, vitima de cirrose hepática, em decorrência de esquistossomose.

Caruaru sedia encontro de preparação para o edital do PRODAV TVs Públicas


Pelo segundo ano consecutivo, a linha de Produção de Conteúdos destinados às TVs Públicas, do Programa de Todas as Telas, disponibiliza 60 milhões (recurso proveniente do Fundo Setorial do Audiovisual – FSA) para investimentos em obras destinadas ao campo público de televisão, nos segmentos de TV universitária, comunitária e educativa e cultural. O foco dos editais é regionalizar a produção de conteúdos audiovisuais independentes e são divididos pelas cinco regiões do País, disponibilizando R$ 12 milhões para cada região.

O encontro é gratuito e será conduzido por Hermano Figueiredo, produtor executivo do Escritório Regional Nordeste da Linha de Produção de Conteúdos Destinados às TVs Públicas. O objetivo é divulgar a chamada pública do Prodav 09 e esclarecer as dúvidas sobre o edital que está com as inscrições abertas até o dia 31 de março.

Para maiores informações acerca da chamada pública, acesse: www.brde.com.br/fsa


Data: 15 de março 2016 (terça-feira) | Horário: 19h
Local: Museu do Barro/Espaço Zé Caboclo – Auditório

Endereço: Pça Cel. José de Vasconcelos, 100, Centro – Caruaru (Pátio de Eventos Luiz Lua Gonzaga)


Fundação de Cultural e Turismo de Luto

Dona Eugênia, como popularmente era conhecida, a genitora de José Pereira (ex-presidente da Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru), morre aos 89 anos, na noite desta quarta-feira (09/03), no hospital Santa Efigênia, vítima de um infarto.

O corpo está sendo velado no Cemitério Parque dos Arcos e o sepultamento será marcado para acontecer nesta quinta-feira (10/03), às 16h.


A Diretoria dos Museus e a Fundação de Cultura de Caruaru prestam seus sinceros sentimentos ao senhor Pereira e família.




Dia Internacional das Mulheres

Neste dia 08 de Março, a Diretoria dos Museus de Caruaru parabeniza todas as mulheres caruaruenses, em especial as que fazem parte dos nossos Museus, as guerreiras da cultura local.

Feliz dia das Mulheres!





PARABÉNS!!!

Ao nosso querido Mestre Severino Vitalino, que seguindo os caminhos do seu pai o grande Mestre Vitalino, retrata o cotidiano do nosso povo através do barro.

Desejamos felicidades, Paz e muita Saúde sempre.



Horário de funcionamento dos Museus da Cidade 

no período de Carnaval

Segue, abaixo, nota informativa sobre o horário de funcionamentos diferenciado dos Museus da Cidade de Caruaru para esse período de carnaval. A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru e a Diretoria dos Museus da cidade desejam um excelente feriado para todos! Bom Carnaval!





85 anos do Mestre Manuel Eudócio

Manuel Eudócio Rodrigues, o mestre Eudócio, nasceu na comunidade do Alto do Moura, bairro da cidade de Caruaru-PE, no dia 28 de janeiro de 1931, membro de uma família de ceramistas que trabalhava na produção de peças utilitárias, como panelas, jarros, potes, etc. Foi assim, no seio de sua família, seu primeiro contato com o barro, que naquela época era usado por ele para fazer seus próprios brinquedos, um costume muito comum entre as crianças do interior.

Foi em 1948 que Manuel Eudócio conheceu o mestre Vitalino, quando este se mudou de Sítio Campos para o Alto do Moura. Manuel Eudócio tornou-se então discípulo do mestre Vitalino e juntamente com seu cunhando Zé Caboclo começou a produzir esculturas em barro natural. Sempre fez todo tipo de peça: Lampião, Maria Bonita, cangaceiros, médico operando doente, casamento na roça, dentista extraindo dente etc., mas nunca escondeu sua preferência pelo boi, uma das primeiras peças feitas pelo mestre; o boi se tornou ao longo dos anos um ícone da sua obra. Além dessas peças individuais, Manuel Eudócio naquela época já reproduzia no barro os folguedos populares da regiao, como o maracatu e o bumba-meu-boi, que o mestre também denomina reisado ou cavalo-marinho.

O bumba-meu-boi do mestre Eudócio, composto por 28 peças, é um conjunto de impressionante impacto visual, com figuras muito elaboradas que revelam o gestual de cada brincante. É um conjunto que referencia o reisado que o próprio mestre participava como brincante; figurou como Segundo Galante e seu irmão como Jaraguá.
Hoje o mestre Eudócio aos 85 anos, possui mais de 200 figuras diferentes; ele se mantém pacientemente dedicado ao ofício de transformar o barro com a mesma simplicidade que herdou da sua família e dos ensinamentos do seu mestre Vitalino.





Seu trabalho alcançou um grande reconhecimento nacional, especialmente nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia, além de Pernambuco. No exterior, conquistou clientes alemães, franceses, portugueses e norte-americanos. Foi uma peça sua, Família de retirantes, que o presidente Lula escolheu como presente para o Papa Bento XVI em uma visita sua ao Vaticano. Para o mestre Eudócio foi uma grande surpresa, já que o mesmo ficou sabendo da escolha do presidente apenas pela televisão.

Em agosto de 2005, o artista foi homenageado com uma exposição individual – Manuel Eudócio: Patrimônio Vivo, realizada na Sala do Artista Popular do Museu do Folclore do Rio de Janeiro e neste mesmo ano foi homenageado na FEBRARTE (Feira Brasileira de Artesanato) no Recife com uma exposição intitulada – Manuel Eudócio, um cronista do seu tempo.

Em 2002 Manuel Eudócio foi um contemplado com o título de “Patrimônio Vivo de Pernambuco”, através da Lei estadual nº 12.196 de 2 de maio de 2002.
Obras do mestre Eudócio fazem parte de acervos permanentes de museus como:
1. Museu do Homem do Nordeste - Recife
2. Museu do Barro - Caruaru
3. Museu Casa do Pontal - Rio de Janeiro
4. Museu do Folclore do Rio de Janeiro
5. Museu de Arte Popular - Recife
6. Museus Castro Maya - Rio de Janeiro


Aos 85 anos, morador do Alto do Moura, continua em plena atividade, seguindo sua rotina de artista do barro desde os primórdios. Ele mantém uma loja em sua própria residência, onde comercializa suas peças, as quais podem ainda ser encontradas em lojas e galerias de arte de todo o Brasil.
Parabéns ao Mestre Eudócio!!!


53 anos sem o Mestre, MESTRE VITALINO



 Dia 20 de janeiro de 1963, vítima de varíola, morre o Mestre do Barro, Vitalino Pereira dos Santos.


Nascido em Caruaru, no Sítio Campos, Vitalino desde criança já brincava com o barro, manuseando como “gente grande”. Através da Feira, logo ficou famoso e com muita arte e simplicidade levou o nome de Caruaru ao mundo encantando a todos e todas, contando através de suas obras o cotidiano do povo Nordestino.

Conhecido e reconhecido, agora Mestre, Vitalino faz escola e forma vários discípulos, eternizando assim, a sua arte de brincar com o barro como “gente Grande”.


Horário de funcionamentos dos Museus de Caruaru, nesta quinta-feira (31/12/22015) e sexta-feira (01/01/2016).



A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru e a diretoria dos Museus informa que na próxima quinta-feira – 24/12, data que antecede o feriado de Natal – os Museus de Caruaru estarão funcionando apenas no horário da manhã, de 8h as 13h.


EXPOSIÇÃO: “RETROSPECTIVA: 50 ANOS DE ARTE”
Acontece no Museu do Forró Luiz Gonzaga – Museu do Barro/Espaço Zé Caboclo, a Exposição “Retrospectiva: 50 anos de Arte”, do Artista Plástico Lammech Cunha. Na mostra é retratada a trajetória a partir de 1965 até os dias atuais, do artista. Residente em Caruaru, tem sua vida inteira dedicada às artes, já tendo participado de diversas exposições individuais e coletivas em todo Brasil. A Exposição que está aberta ao público na Sala de Exposições Temporárias e Oficina de Atividades Educativas, do Museu do Barro, é composta por 28 quadros e 38 esculturas. O estilo presente nos trabalhos de Lammech têm uma abordagem Abstracionista, Cubista e Impressionista.





Local: Sala de Exposições Temporária / Museu do Barro – Espaço Zé Caboclo.
Endereço: Praça Cel. José de Vasconcelos, 100 Centro – Caruaru (Pátio de Eventos).
Período: 07 de dezembro de 2015 a 07 de fevereiro de 2016
Horário: Terça à Sábado das 8h às 17h / Domingos das 9h às 13h.


Feira de Artes e Artesanato do Polo Cultural da Estação Ferroviária
            No próximo dia 12 de Dezembro, a Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru através da Diretoria de Ações Culturais, juntamente com o Museu do Barro/Espaço Zé Caboclo, promoverá a Feira de Artes e Artesanato do Polo Cultural da Estação Ferroviária.
            O evento contará com a participação de artesãos e artistas plásticos da cidade, com objetivo de transformar a produção cultural em atividades econômicas capazes de gerar renda para os participantes, além de promover o intercâmbio entre eles.
            A Feira ocorrerá no Polo Cultural da Estação Ferroviária, em frente ao Tiro de Guerra, a partir das 19h, com apresentação de música ao vivo a partir das 20h com o Cantor “Carlos Alves”, fazendo uma homenagem aos 103 anos do nascimento de Luiz Gonzaga. 

Feira de Gastronomia Mestre Cuca Olímpio

            Em Dezembro, a Diretoria de Ações Culturais da Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, promoverá a Feira de Gastronomia Mestre Cuca Olímpio, que ocorrerá nos Sábados, dias 19 e 26 do corrente ano.
      A Feira de Gastronomia Mestre Cuca Olímpio reunirá comerciantes de Comidas Típicas de Caruaru, a preços populares no Polo Cultural da Estação Ferroviária, em frente ao Tiro de Guerra, a partir das 19h, com objetivo de fomentar a gastronomia e cultura do município. A partir das 20h ocorrerá música ao vivo, com os cantores “Riá Oliveira” dia 19/12/15 e “Fábio Duarte” dia 26/12/15.

Projeto Arte em Movimento

        A Diretoria de Ações Culturais da Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, está realizando o Projeto Arte em Movimento, no Polo Cultural da Estação Ferroviária. O projeto tem como objetivo propagar as artes dos mestres da cultura popular através da literatura de Cordel, Teatro de Bonecos, Pife, Boi Tira-Teima, Música, Circo, entre outras manifestações.
            O projeto teve início dia 05/12 na Casa do Boi Tira-Teima - Associação Arte e Cultura Mestre Gercino, e ocorrerá nos dias 12/ na Casa do Pife; 19 na Sede da Academia Caruaruense de Literatura de Cordel; e 26 na Casa dos Artistas, com oficinas para que exporem seus trabalhos artísticos e talentos, proporcionando intercâmbio de saberes e valorização dos mestres.
            Contaremos com o apoio do Conselho Municipal de Cultura para coordenação das oficinas. Após cada Oficina comRoda de Diálogo, haverá apresentação artística, a partir das 12h, todo trabalho oferecido ao público gratuitamente.

Beco Cultural de Caruaru

            O “Beco Cultural de Caruaru” tem a ideia de promover manifestações culturais em becos da cidade nas sextas, sempre após o término do expediente do comércio, de forma que uma grande confraternização se forme no entorno da cultura local. Música, poesia, dança e o que mais for de interesse cultural será explorado gradativamente.
          E para dar o pontapé inicial no projeto, nesta sexta, 11/12 o “Beco Cultural” tomará conta desses espaços, iniciando pelo antigo Beco do Mercado de Farinha, próximo à Rua Duque de Caxias, no Centro, onde atualmente funciona o Museu Memorial da Cidade de Caruaru.
           O museu servirá como apoio logístico. “Escolhemos este beco para ser o primeiro pela importância histórica do espaço e pelo significado dele para o município. Queremos estimular as pessoas a conhecerem a história de Caruaru de forma natural, atrelando esse conhecimento a experiências culturais”, explicou a Diretora de Ações Culturais, Edileuza Portela.
           Neste primeiro momento, o Cantor e Compositor “Colibri Brasil” fará apresentação de música ao vivo a partir das 18h, com convidados para homenagear os 103 anos de nascimento de Luiz Gonzaga. Os barraqueiros que tiverem interesse em comercializar durante os eventos do “Beco Cultural” poderão dirigir-se ao local, e comercializar gratuitamente no mês de Dezembro.



Exposição: LUMINÁRIAS


O Artista Plástico José Luis do Nascimento a cerca de um ano e meio utiliza tubos de PVC como matéria prima na construção de suas obras. Conta o Artista que viu esse tipo de trabalho pela primeira vez na internet e achou muito interessante, assim resolveu fazer, dando início a sua arte de confeccionar artesanalmente Luminárias com tubos PVC.
A matéria prima utilizada é o Policloreto de Polivinila, muito conhecido como tubo de PVC, normalmente usa os tubos de 100mm para as luminárias pequenas, e as luminárias de 60cm a dois metros com PVC de 150mm.
A Exposição conta com 38  peças.

Local: Memorial da Cidade de Caruaru
Endereço: Rua Duque de Caxias, 1000 - Nossa Senhora das Dores

Horário: Terça a Sexta das 8h às 17h | Sábado das 8h às 13h
Data: de 20/11 a 26/12/2015







AfriCaruaru


Como todos os anos o Museu do Barro de Caruaru, dentro das comemorações do mês que se celebra o dia da Consciência Negra, estará recebendo na sala de exposições temporárias a exposição AfriCaruaru, com a intenção de  celebrar a referida data,  fizemos uma parceria com a UNIFAVIP/Devry, mais precisamente com o curso de tecnologia em Design de moda o que resultou nesta bonita exposição.

A mostra AfriCaruaru expõe elementos da cultura africana constituídas em formas, cores, texturas e usos encontrados em nossos cotidiano e no cotidiano da cidade de Caruaru e cidades circunvizinhas, de modo a nos conscientizarmos de nossa identidade presente na constituição étnica do povo nordestino, do povo brasileiro.

Para tanto, os alunos do curso de Tecnologia em designe de moda da UNIFAVIP a partir de um projeto interdisciplinar apresentam o resultado da imersão estética-imagética sobre a cultura africana e suas representações e ressignificações.  A exposição contém 15 looks com modelos representando a identidade africana e fotografias tiradas da feira de Caruaru enfocando o tema trabalhado.




Local: Museu do Barro Espaço Zé Caboclo
Horário de visitação: Terça à Sábado das 8h às 17h - Domingo das 9h às 13h
Período da Exposição: 13 a 30 de novembro de 2015

EXPOSIÇÃO “EXPRESSÕES DO COTIDIANO”

Está acontecendo no Memorial da Cidade de Caruaru, a Exposição “EXPRESSÕES DO COTIDIANO” da artesã Iraci Andrade, natural da cidade de Cachoeirinha-PE. Essa mulher de jeito simples e muita criatividade transforma uma folha de papel em uma obra de arte, retratando desde a história universal ao seu cotidiano. Expondo pela primeira vez em nossa cidade, ela nos traz um trabalho significativo, dentro do campo artístico, utilizando papel de sacos de cimento, jornais e outros, como matéria prima de seu trabalho, além de cola, palito para churrasco e isopor que servem de suporte para as peças. Iraci nos mostra a importância da reciclagem e que diversas obras de arte podem ser feitas com estes materiais, além de contribuir para conscientização à proteção do Meio Ambiente, no tocante a reutilização de resíduos que seriam naturalmente destinados ao lixo.


Local: Memorial da Cidade de Caruaru.
Endereço: Rua Duque de Caxias, 1000 – Nossa Senhora das Dores.
Horário de visitação: Terça à Sexta das 8h às 17h / Sábado das 8h às 13h
Período da Exposição: 20 de outubro a 23 de novembro de 2015












Acontece no Museu do Barro/Espaço Zé Caboclo, a Exposição de Artes Plásticas, “A Linha em Explosão Tencionada”
  
A Exposição Plástica apresenta 34 obras do artista Marcus Firmo, residente em Caruaru, numa abordagem abstracionista. A Exposição segue até novembro de 2015.

Local: Sala de Exposições Temporária / Museu do Barro – Espaço Zé Caboclo.
Endereço: Praça Cel. José de Vasconcelos, 100 Centro – Caruaru.

Horário de visitação: Terça a sábado das 8h às 17h e aos domingos das 9h às 13h.






Nota Informativa sobre o feriado de 15/09/15



80 ANOS DA FÁBRICA DE CAROÁ

Amanhã, 09 de setembro de 2015, a Fábrica de Caroá completa 80 anos de inauguração. Convidados todos para visitarem o Museu da Fábrica de Caroá que foi revitalizado e está de portas abertas para recebê-los.


Horário: 8h às 17h - Terça à Sábado / 9h às 13h - Domingo

Endereço: Pça. Cel. José de Vasconcelos - Centro (Espaço Cultural Tancredo Neves)


 





Antônio Miguel da Silva



Faleceu ontem, segunda-feira (15/06/2015), o artesão Antônio Miguel, último sobrinho do Mestre Vitalino.  Seguindo a arte do barro, deixada pelo tio Mestre, Antônio Miguel trabalhava e residia no Alto do Moura.

Seu Sepultamento ocorrerá as 16h desta terça-feira (16/06/2015) no cemitério do Alto do Moura. 
------------------------------------------------------------------------------


EDVALDO TAVARES


Caruaru com menos cores nesta quarta-feira (10/06/2015). O artista plástico Edvaldo Tavares, que residia no Alto do Moura, faleceu vítima de uma parada cardíaca. 
Seu Sepultamento ocorrerá as 16h desta quinta-feira (11/06/2015) no cemitério do Alto do Moura.



Salão de Artes figurativas em Barro do Alto do Moura.

POLO CULTURAL DA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA


Mané Pãozeiro
(JOEL GALDINO)

Bacamarteiros de Caruaru
(LUIZ ANTÔNIO)


Caçador de gato maracajá
(SEVERINO VITALINO)


Trio
(VITALINO PEREIRA NETO)

Forró pé de serra
(SOCORRO VITALINO)

Forró na caatinga com Luiz Gonzaga o Rei do Baião
(MANOEL BERNARDO)

Sem Título
(ZÉ CABOCLO)


Exposição sobre o Museu Orange-Nassau "Torre Wilhelm"



A exposição sobre o Museu Orange-Nassau “Torre Wilhelm”, da cidade de Dillenburg – Alemanha, se apresenta significativamente importante para nós brasileiros e, sobretudo, para os nordestinos, por mostrar, não somente, a história resumida do referido Museu e da Casa Orange-Nassau, mas por trazer um personagem bastante conhecido e que deixou influências quando se instalou na Aldeia Recife: o Conde Maurício de Nassau.

Maurício de Nassau é considerado o pai da cidade do Recife, de onde pode governar o Nordeste do Brasil e deixar ao longo dos anos lendas e influências para a cultura popular nordestina.

Na exposição o visitante pode encontrar painéis com texto autoexplicativos, miniquadros e fotografias que ilustram um pouco da história do Museu da Cidade de Dillenburg – Alemanha, da Casa Orange-Nassau, bem como do próprio Conde Maurício de Nassau, o brasileiro.

Local:
Sala de Exposições Temporárias e Oficina de Atividades Educativas do Museu do Forró Luiz Gonzaga / Museu do Barro – Espaço Zé Caboclo
Endereço: Pça. Cel. José de Vasconcelos, 100 – Nossa Senhora das Dores – Caruaru/PE (Pátio de Eventos Luiz Lua Gonzaga)

Período:
22 de maio à 31 de junho de 2015

Horário:
Terça a Sábado – 8h às 17h

Domingo – 8h às 13h



13ª Semana Nacional de Museus: Museus para uma sociedade sustentável




Projeto Duas Cantigas


A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru e Museu do Forró Luiz Gonzaga / Museu do Barro – Espaço Zé Caboclo tem a honra de convidar a todos para participarem do Projeto “Duas Cantigas” que faz parte da programação da 13ª Semana dos Museus de Caruaru – 2015, onde todos os Museus do país promoverão o mesmo tema: Museus para uma Sociedade Sustentável.

O Projeto “Duas Cantigas” tem como principal objetivo propiciar àquelas pessoas que durante o dia, no horário normal do funcionamento dos Museus, por algum motivo, não conseguem visitá-los. Desta forma, essa ação oportuniza que a população possa conhecer os Espaços Museológicos de Caruaru e, aliado a isso, possa ouvir boa música. Durante a visita aos Museus, o público visitante terá a oportunidade de assistir a apresentação dos músicos Joanatan Richard e Ivan Márcio, de uma forma bem intimista.


Segue abaixo a programação completa do Projeto Duas Cantigas:


19 de Maio (Terça-feira)
Atração: Joanatan Richard e Ivan Márcio
Local: Memorial da Cidade de Caruaru
Horário: 19h



20 de Maio (Quarta-feira)
Atração: Joanatan Richard e Ivan Márcio
Local: Casa de Cultura José Condé
Horário: 19h




21 de Maio (Quinta-feira)
Atração: Joanatan Richard e Ivan Márcio
Local: Museu da Fábrica de Caroá
Horário: 19h




22 de Maio (Sexta-feira)
Atração: Joanatan Richard e Ivan Márcio
Local: Museu do Forró Luiz Gonzaga
Horário: 19h





26 de Maio (Terça-feira)
Atração: Joanatan Richard e Ivan Márcio
Local: Casa Museu Mestre Vitalino
Horário: 19h




27 de Maio (Quarta-feira)
Atração: Joanatan Richard e Ivan Márcio
Local: Memorial Mestre Galdino
Horário: 19h





O museu vai à escola

O museu vai à escola, é uma iniciativa da Diretoria dos Museus de Caruaru. Esta visa diminuir as distâncias entre o alunado e os museus desta cidade.
Para tanto, buscamos levar às escolas, pequenas mostras e exposições itinerantes que provoquem a curiosidade despertando o interesse na população pela visitação aos nossos museus.
Enquadrando-se na proposta da nova museologia, o projeto também aborda uma desconstrução de museu apenas como espaço da guarda da memória, assim, mostrando que é possível um aprendizado aberto a discussões gerando um novo olhar à interdisciplinaridade.
O museu vai à escola, neste primeiro momento, contempla o Museu da Fábrica de Caroá. Inaugurada no ano de 1935, tal empreendimento trouxe consigo desenvolvimento econômico e industrial para a cidade de Caruaru, mantendo-se em atividade até o ano de 1978.
Justificamos a escolha do Museu da Fábrica de Caroá, pois, neste ano (2015) completam-se 80 anos da sua inauguração. Assim, pretendemos expandir para a população de Caruaru e cidades circunvizinhas, a importância de se conhecer a história política, econômica e social que a Fábrica de Caroá causou durante o seu tempo de pleno funcionamento.

Neste 1° Semestre O Museu Vai à Escola contemplou a Escola Municipal Professora Laura Florêncio. A Exposição ficará na Escola no período de 05 a 19 de 2015, podendo ser prorrogada por mais uma semana.

Cine nos Museus




O Projeto “Cine nos Museus”, de iniciativa da Diretoria Municipal dos Museus de Caruaru - Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru numa parceria com o Cine + Alto do Moura que tem a coordenação de Yanara Galvão, exibirá na próxima quinta, 30 de abril de 2015 o filme"Pernamcubanos, El Caribe que nos une", um documentário de Nilton Pereira, filmado em Pernambuco e Cuba, na Sala do Cine Cultural do Museu do Barro – Espaço Zé Caboclo.  

O filme registra as identidades culturais entre Cuba e Pernambuco, com ênfase na música e religiões de matrizes africanas. A narrativa é feita através dos olhares de duas artistas Fatima Patersen - atriz e diretora de teatro cubana e Beth de Oxum - coquista e mãe de santo pernambucana. Filmado em Recife, Olinda, Nazaré da Mata, Santiago de Cuba, Baracoa, Guantanamo, Barrancas, Sierra Maestra e Matanzas, o filme mostra que o Caribe cultural é muito maior do que o geográfico, porque é formado por pessoas com origens e histórias que se assemelham e entrecruzam.

Dia e horário: 30 de abril (quinta), às 19 horas
Local: Museu do Barro - Pátio de Eventos - Centro - Caruaru


Exposição: Os Principais Templos Católicos de Caruaru

O Memorial da Cidade de Caruaru apresenta aos seus visitantes a exposição de cunho sacro intitulada: “Os Principais Templos Católicos de Caruaru” e oferece para apreciação, painéis fotográficos e textos informativos, além de imagens que representam os Padroeiros e as Padroeiras das principais Paróquias, simbolizando a devoção dos fies da nossa cidade e região.
Numa Abordagem rica em informações e conhecimentos sobre símbolos utilizados nos ritos das Igrejas Católicas, o observador adentra num clima de fé e reflexão sobre o vasto universo do Sagrado, aqui representado pelas 13 principais Igrejas Católicas da nossa cidade.

Agradecemos o valoroso apoio que recebemos da Diocese de Caruaru e de todas as Paróquias, pela cedência dos materiais que contribuíram para a criação desta exposição.







Exposição:
Revivendo os Carnavais de Caruaru


A Fundação de Cultura e Turismo, através da Diretoria de Museus, resolveu presentear à população e animar os foliões de uma forma bem peculiar: trata-se de uma bela exposição, intitulada “Revivendo os carnavais de Caruaru”, que ficará exposta a partir desta quarta, 04, no Museu Memorial da Cidade. É uma ótima oportunidade de reverenciar os responsáveis pelos bonitos carnavais realizados na terra do forró.A exposição contemplará painéis com textos explicativos, vídeos, fotografias que capturam e rememoram os divertidos carnavais de Caruaru, além de alguns dos mais famosos estandartes que abriam as alas carnavalescas dos blocos e escolas que aqui desfilavam.
O Museu Memorial da Cidade fica na rua Duque de Caxias, 1000, no Centro da cidade. As visitações poderão ser feitas de terça a sexta, das 8h às 17h, e, aos sábados, das 8h às 13h. Os amantes do carnaval terão até 9 de março para viajarem um pouco mais na história do carnaval de Caruaru.


Horário de Funcionamento dos Museus de Caruaru - NATAL 2014

Por motivo das comemorações natalinas, informamos aos visitantes e turistas que visitam nossa cidade, que os Museus de Caruaru estarão funcionado no dia 24/12 (quarta-feira) apenas no horário da manhã, estando abertos das 8h às 13h. Já no dia 25/12 (quinta-feira) não haverá expediente nos Museus.
Retornamos as atividades normalmente na sexta-feira (26/12).

VISITEM os Museus da cidade de Caruaru, será um prazer recebe-los!  
Mais informações: (81) 3721.2545


Exposição: “Linguagem do Agreste”
                           do artista plástico Joaz Silva.

O artista expõe 20 telas exclusivas, que ficarão em exposição no Museu do Barro até 20 janeiro de 2015.
A Capital do Forró ficará mais colorida, no mês de novembro. O Artista Plástico Pernambucano Joaz Silva, vem a Caruaru/PE, no Agreste do Estado para apresentar a exposição, “Linguagem do Agreste”. Na ocasião, será exposto ao público 20 telas inéditas do estilo impressionista. O objetivo é retratar o cotidiano e os costumes do povo caruaruense.  O evento tem apoio da FUNDARPE e da empresa Asa Indústria e Comércio. A abertura aconteceu na quinta-feira (27/11), às 19h, no tradicional Museu do Barro com um coquetel.  O Museu do Barro fica localizado no Espaço Cultural Tancredo Neves, na Praça Coronel José de Vasconcelos.
Joaz Silva tem 52 anos e começou a trabalhar como artista plástico na década de 1990. Respeitado em todo o Estado, Joaz é considerado um artista de grande sensibilidade e talento. Além de usar a criatividade para realizar suas obras esculturais e de pintura, o artista também dá aulas em sua galeria. Natural de Recife participou de diversas exposições realizadas no estado, inclusive no Circuito do Café, realizado em Caruaru. “Foi justamente no momento da concepção desta pequena mostra que eu comecei a pesquisar e ver o quanto se tem a dizer sobre o povo do agreste”. Afirma o artista que a partir daí, iniciou a nova coleção, Linguagem do Agreste.

Os visitantes irão contemplar através dos quadros, a famosa Feira de Caruaru, a Catedral da cidade, a lida do homem no Campo, assim como a musicalidade caruaruense e os costumes. A exposição ficará no município até 20 de janeiro de 2015. 

Por: Sandra Miranda











O MUSEU VAI À ESCOLA

O Projeto O Museu vai à Escola, de iniciativa da Diretoria dos Museus de Caruaru e da Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, retoma as atividades agora no anexo da Escola Municipal Duque de Caxias.

A exposição fica a mostra até a segunda semana de novembro, podendo ser prorrogada de acordo as necessidades da escola.









Pernambuco Vivo

É com imenso prazer que o Museu do Barro informa que abrigará, entre os dias 26/09/14 e 03/11/14, mais uma exposição, na Sala de Exposições Temporárias e Oficina de Atividades Educativas.
Trata-se da mostra Pernambuco Vivo, que é composta por 36 fotografias, quase todas registradas em momentos de intimidade e descontração, dos Patrimônio Vivos de Pernambuco. As fotografias foram produzidas por Heudes Regis, Ricardo Labastier e Priscila Buhr do JC Imagem e por Costa Neto da Secult-PE, em junho de 2014.


Abertura: 26 de setembro de 2014, sexta-feira às 19h.

Visitação: terça a sábado, das 9h às 17h | domingos, das 9h às 13hLocal: Sala de Exposições Temporárias e Oficina de Atividades Educativas | Museu do Barro - Espaço Zé Caboclo





Oficina Leitura de Imagens: "Exposição Eu Galdino"


Como parte da programação criada para comemorar os 90 anos (póstumos) de Mestre Galdino foram desenvolvidas 02 (duas) Oficinas de Leitura de Imagens, com o foco voltado para as peças presentes na Exposição “Eu Galdino”.

A primeira oficina ocorreu no último dia 10 de setembro de 2014 e foi ministrada pela equipe do Museu do Barro – Espaço Zé Caboclo, na Sala Cine Cultural. Na ocasião, participaram alunos do 8º ano da Escola Municipal Duque de Caxias.

Já a segunda oficina aconteceu no dia 17 de setembro de 2014, no mesmo local, e contemplou os alunos do 9º ano, da referida escola acima.

Ambas as turmas que participaram das oficinas são do Professor João Domingos.

Segue abaixo o registro fotográfico das duas oficinas.


Oficina (10/09/2014) - Alunos do 8º Ano da Escola Municipal Duque de Caxias:
























Oficina (17/09/2014) - Alunos do 9º Ano da Escola Municipal Duque de Caxias:






























Projeto "Criar e Recriar com o Barro"

Em continuidade ao Projeto “Criar e Recriar com o Barro” e ao ciclo de atividades da programação elaborada para homenagear os 90 anos (póstumos) do Mestre Galdino, foi realizada em 08 de setembro de 2014 uma oficina no Memorial Mestre Galdino, no Alto do Moura-Caruaru, com o artesão Joel, filho do referido Mestre.

Na ocasião, o público contemplado foi um grupo de idosos do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS do Sítio Taquara, através de uma parceria firmada entre a Diretora Municipal dos Museus de Caruaru, Regina Lúcia, e a Secretária da Criança, do Adolescente e de Políticas Sociais, Marta Melo. Durante a oficina os participantes puderam modelar peças sob a orientação de Joel Galdino.

Além dessa oficina, realizada na última segunda-feira (08/09), acontecerá outra no dia 22 de setembro de 2014 com o artesão Joel Galdino no mesmo local, onde será contemplado um grupo de idosos do Centro Social São José do Monte, coordenado pela irmã Werburga Schaffrath.

A produção artística gerada ao decorrer das oficinas fará parte de uma exposição, como culminância deste circuito de atividades artístico-culturais desenvolvidas para homenagear o Mestre Galdino.

Segue registro fotográfico da oficina realizada dia 08 set de 2014:























Exposição "Eu Galdino"

A Exposição “Eu Galdino”, apresenta obras do Mestre Galdino, como forma de homenagear o poeta e artista em seu aniversário de nascimento 19 de agosto de 1924. A referida exposição segue até o dia 18 de setembro de 2014.















O PROJETO CINE NOS MUSEUS

O Projeto “Cine nos Museus”, de iniciativa da Diretoria Municipal dos Museus de Caruaru - Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru numa parceria com o Cine + Alto do Moura que tem a coordenação de Yanara Galvão, exibiu no dia 04 de setembro de 2014 o Documentário Manoel Galdino Tudo é Folclore, na Sala do Cine Cultural do Museu do Barro – Espaço Zé Caboclo. A apresentação do curta-metragem faz parte da programação que homenageia os 90 anos do artista e poeta Mestre Galdino (in memoriam).


Na ocasião estiveram presentes os alunos do PROJOVEM URBANO da Escola Municipal de Tempo Integral Professor Altair Porto Nunes Filho e da Escola Municipal Professora Sinhazinha, além de artesãos do Alto do Moura, como Severino Vitalino e esposa, Marliete Rodrigues, Socorro Rodrigues, Carmélia Rodrigues, Aldir Silva (Presidente da ABMAM), bem como o público em geral. Após a exibição dos vídeos foi aberto um momento de diálogo, oportunizando a participação dos alunos, professores, artesão e demais presentes.














O MUSEU VAI À ESCOLA

     O Projeto O Museu vai à Escola, de iniciativa da Diretoria de Museus, da Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, está sendo realizado neste 2º semestre de 2014 na Escola Municipal Duque de Caxias.

Segue registro fotográfico do projeto em ação na referida escola:




Exposição "Eu Galdino"
19 de agosto a 18 setembro

Sala de Exposições Temporárias e Oficina de Atividades Educativas, do Museu do Barro - Espaço Zé Caboclo, está abrigando a Exposição "Eu Galdino". A entrada para visitar a exposição é gratuita. O espaço apresenta obras do Mestre Galdino, como forma de homenagear o grande artista em seu aniversário de nascimento, 19 de agosto de 1924, que se estivesse vivo, faria 90 anos de idade.



I Exposição
Ateliê Benizia
Artesanato
COLEÇÃO MAMA ÁFRICA
Bonecas decoradas com sisal e cordas
Artista: Clodoaldo José


O Memorial da Cidade de Caruaru está abrigando a Coleção Mama África do artista plástico Clodoaldo José. A exposição é composta por bonecas de barro pintadas com cores que trazem consigo representações de lutas, combates, liberdade, força, patriotismo (Brasil/África), riquezas expressas através do ouro e outro metais, além de significações que remetem a fé e apreciação da natureza, tudo decorado com materiais como sisal e cordas.







SÃO JOÃO DE CARUARU, UM OLHAR
CONTEMPORÂNEO
13 de junho a 15 de julho
MUSEU DO BARRO/ESPAÇO ZÉ CABOCLO

Expor no MUBAC a produção resultante dos exercícios de sala de aula, da Escola Municipal Rubem Barros, é ao mesmo tempo, uma satisfação e um desafio. Como incluir tantas expressões em uma exposição, onde todos poderiam se representar, se reconhecer enquanto sujeito protagonista de uma contemporaneidade tão repleta de imagens e informações?
A ocasião não poderia ser melhor, em pleno mês de junho, quando a cidade fervilha de simbolismos.
Nessa exposição, a tradição figurativa do Agreste se revela em muitos momentos, trás elementos da religiosidade, adquiridos nos estudos da obra do artista Valdson Silva, num encontro revelador. Mostra também uma nova percepção quando contrapões ao figurativismo, o abstracionismo geométrico revisto a partir das reproduções de Modrian, ou a ousadia encontrada em Jackson Pollok.
Mas nesse exercício o fazer artístico e a reflexão sobre a arte são mais importantes que a própria arte em si, o objetivo final se constitui num instrumento, para que se possa pensar sobre os novos conteúdos impressos no cotidiano e nas transformações vivenciadas no dia a dia da escola.

OSWALDO PEREIRA
Professor da Escola Rubem Lima Barros
_______________________________realização_______________________________





Fotos da Exposição





Inauguração Espaço Carlos Fernando

_____________________________________________________________


AVISO IMPORTANTE!

            Em virtude do lançamento do São João de Caruaru ocorrer hoje, 20/05/2014, o Projeto Duas Cantigas que estava previsto para acontecer no Alto do Moura na noite de hoje, foi adiado para outro momento com data a definir.


Pedimos ainda que, se possível, repassem estas informações!

________________________________________________________


De 12 a 18 de maio

Neste mês de maio de 2014, os Museus da Cidade de Caruaru estarão em movimento celebrando a 12ª Semana dos Museus em Caruaru, onde todos os museus do país promoverão o mesmo tema: “Museus coleções criam conexões”. Temos o objetivo de proporcionar à comunidade local e visitantes novos meios e alternativas de promover o conhecimento cultural, através de atividades itinerantes e dinâmicas, em cada instituição museológica de nossa cidade.

PROGRAMAÇÃO SEMANA DOS MUSEUS - CARUARU


12 de Maio - MUSEU DO FORRÓ LUIZ GONZAGA
Projeto Duas Cantigas
Show Musical – Encontro de artistas regionais, que expressam seu talento, dando oportunidade às pessoas que não tem disponibilidade de visitar o Museu durante o dia.
Atrações: Riana Oliveira e Colibri
Hora: 20h

13 de Maio - MUSEU DA FÁBRICA DE CAROÁ
Projeto Duas Cantigas
Show Musical – Encontro de artistas regionais, que expressam seu talento, dando oportunidade às pessoas que não tem disponibilidade de visitar o Museu durante o dia.
Atrações: Riana Oliveira e Colibri
Hora: 20h

13 à 16 de Maio – ICIA
Oficina de Cerâmica com o mestre Emerson Rodrigues
A oficina será realizada com crianças e adolescentes, objetivando promover a cultura com inclusão social.
Hora: 14h às 17h

14 de Maio – MEMORIAL DA CIDADE DE CARUARU
Projeto Duas Cantigas
Show Musical – Encontro de artistas regionais, que expressam seu talento, dando oportunidade às pessoas que não tem disponibilidade de visitar o Museu durante o dia.
Atrações: Riana Oliveira e Colibri
Hora: 20h

15 de Maio
Visita Pedagógica a Casa de Cultura José Condé
Acompanhamento
Informações quanto a horário: 81 3727 7839


15 de Maio – CASA DE CULTURA JOSÉ CONDÉ – SALA MUSEU JOSÉ CONDÉ
Projeto Duas Cantigas
Show Musical – Encontro de artistas regionais, que expressam seu talento, dando oportunidade às pessoas que não tem disponibilidade de visitar o Museu durante o dia.
Atrações: Riana Oliveira e Colibri
Hora: 20h

15 e 16 de Maio – MUSEU DO BARRO ZÉ CABOBLO
Apresentação de Vídeo
Recepção aos alunos e visitantes com banda de pífano. Visita guiada ao Museu do Barro de Caruaru. Apresentação de vídeo sobre a produção artística com a utilização do barro, dos artesãos do Alto do Moura.
Hora: 10h às 12h

16 de Maio – CASA MUSEU MESTRE VITALINO
Projeto Duas Cantigas
Show Musical – Encontro de artistas regionais, que expressam seu talento, dando oportunidade às pessoas que não tem disponibilidade de visitar o Museu durante o dia.
Atrações: Riana Oliveira e Colibri
Hora: 20h

16 de Maio – ASSOCIAÇÃO DOS ARTESÃOS DO ALTO DO MOURA
Palestra
A visão do artesanato pela economia criativa: oportunidades na área da cadeia produtiva.
Palestrante: Tibério Tabosa (UFPE)
Hora: 14h

20 de Maio – MEMORIAL MESTRE GALDINO
Projeto Duas Cantigas
Show Musical – Encontro de artistas regionais, que expressam seu talento, dando oportunidade às pessoas que não tem disponibilidade de visitar o Museu durante o dia.
Atrações: Riana Oliveira e Colibri

Hora: 20h

Semana Santa/Caruaru
SUA SEMANA SANTA PASSA POR CARUARU.
OU MELHOR: DÁ UMA PARADINHA AQUI.




Shows, gastronomia, diversas opções de lazer e compras, ale´m de artesanato e muita cultura. Tudo isso é a Parada Obrigatória . Uma completa estrutura de hotelaria e uma programação para satisfazer toda sua família no feriadão. Venha para Caruaru. Sua Semana vai ser um espetáculo.









Memorial da Cidade de Caruaru

Diálogo de Fé – Aleijadinho/Mestre Galdino

Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, é considerado um dos maiores artistas barrocos do Brasil e suas esculturas e obras encantaram a sociedade brasileira do século XVIII. O artista usava em suas obras, madeira e pedra-sabão, além de misturar diversos estilos barrocos (rococó e estilos clássico e gótico). Sua existência é cercada por controvérsias. Muitos estudiosos acreditam que ele não existiu e que foi, na verdade, uma invenção do governo de Getúlio Vargas.
Manuel Galdino de Freitas, Mestre Galdino, encontrava nas horas vagas a oportunidade para modelar figuras de barro, entre elas a de Judas, para as brincadeiras de malhação da Semana Santa. Sua trajetória como artista tem início a partir de 1974, quando é destacado pela prefeitura para executar serviços no Alto do Moura, onde faz amigos que o introduzem na arte de "bonecos".. Apaixona-se de tal maneira pela modelagem em cerâmica, que despede-se do trabalho público, vende a casa que possuía em Caruaru e muda-se para o Alto do Moura. Logo passa a ser reconhecido como um dos mais fecundos ceramistas do Alto Moura. Suas criações formam um repertório de obras delirantes e originais, consagrando os monstros autofágicos, e outros personagens de forte conteúdo onírico, como Lampião-Sereia e São Francisco Cangaceiro.

A exposição está montada no Memorial da Cidade de Caruaru, e abriga peças de barro de diversos artesãos e imagens de obras do artista Aleijadinho, tais peças estão disposta de forma coesa, proporcionando um diálogo entre os mestres. 

Museu do Barro / Espaço Zé Caboclo

AS MARIAS SOB O OLHAR DE LÍDIA VIEIRA
A Semana Santa é rota obrigatória de visitação na cidade de Caruaru, sendo o Museu do Barro um dos equipamentos culturais mais visitados. Como forma de oferecer um atrativo ligado ao tema religioso, vivenciado durante esse período, o Museu do Barro oferece a exposição “As Marias sob o olhar de Lídia Vieira”. Artesã de destaque e uma das pioneiras em Tracunhaém, interior de Pernambuco. Filha de louceiros, em criança criava brinquedos de barro para vender na feira, junto com os irmãos. Consagrou-se como ceramista, com a produção de figuras na maioria femininas ligadas à liturgia católica. Acreditando no poder dessas obras, ao produzir os santos, temia queimá-los no fogo e, por isso, não os considerava como tal, antes que o processo de queima fosse concluído. Morreu em sua cidade natal, em 1974.

A exposição além de dinamizar o espaço visa o reconhecimento e valorização da artesã que tanto contribuiu para o enriquecimento cultural e patrimonial do estado.

BIENAL DO BARRO
12 de abril a 19 maio


O projeto foi concebido pelo artista plástico Carlos Mélo, e selecionará 20 artistas que problematizem o uso do barro na expressão artística, levando a Caruaru, importante centro de produção artesanal, a discussão dos limites do elemento barro como suporte, oferecendo um novo olhar sobre a matéria-prima e levantando questões em torno da arte convencional versus arte contemporânea. 

Pernambuco possui um vasto acervo de artistas que transformam o barro em obras de arte. Artistas populares, como as famílias de Tracunhaém e artesãos do Alto do Moura, em Caruaru, são conhecidos nacionalmente. Poucos conhecem, no entanto, a riquíssima produção da arte contemporânea do Estado, que utiliza o barro como suporte, para as mais diversas formas de expressão artística.

É para dar visibilidade a essa produção que realizaremos a primeira edição da Bienal do Barro do Brasil, evento que levará à cidade de Caruaru, no Agreste pernambucano, uma coleção de obras de artistas contemporâneos, pernambucanos, brasileiros e de outros países, que utilizam-se do barro como ponto de partida ou matéria-prima.
A partir de curadoria, o projeto englobará trabalhos de cerca de 20 artistas, com oito obras cada, todas que problematizem o uso do barro na expressão artística.

Todas as formas de manifestação serão exploradas até as mais inusitadas como vídeo, performance, fotografia, intervenções urbanas, projetos de pesquisa, investigações conceituais e outras que acrescentem uma nova materialidade para o barro.

Realização: Jaraguá Produções
TEXTO: http://www.janelaprojetos.com.br/#!bienal-do-barro/c9ud

Centro Cultural 
                       Lammeck Cunha

Curso:
  • INICIAÇÃO as artes plásticas
Oficinas:
  • Do moderno ao contemporâneo
  • Abstração INFORMAL e CONCRETO
  • Construtivismo
Inscrições abertas
Local: Rua Cônego Luiz Gonzaga n° 72 - centro
Fone: 81 9639 4307


CRIAR E RECRIAR COM BARRO
19 de março de 2014


CRIAR E RECRIAR COM BARRO visa proporcionar aos alunos da rede pública de ensino e grupos da melhor idade a ampliação do conhecimento sobre a história dos artesãos e de sua arte, oportunizando o manuseio do barro através das oficinas que acontecerá no Memorial Mestre Galdino, no Alto do Moura.

O Alto do Moura por representar um autêntico espaço onde mestres e aprendizes interagem através da arte do barro, foi escolhido como espaço para o desenvolvimento desse projeto.

    O projeto será desenvolvido através de palestras e oficinas para manuseio e criação de peças. O mesmo deverá acontecer durante o ano letivo de 2014, oferecendo duas oficinas a cada dois meses.



O Memorial Mestre Galdino expõe peças originais desse artesão e poeta popular. No local encontram-se também fotografias e textos sobre a vida e obra do artista. Ceramista, cantador de viola e poeta de cordel, nasceu em 1928 e é um dos artistas mais famosos do Alto do Moura. Contemporâneo de Vitalino, Galdino foi um dos artistas que se destacou com a criação de peças em barro com traços surrealistas. Gostava de fazer moringas e monges, produzia também bonecos e para cada boneco criava uma história chegando a escrever mais de mil histórias.





MESTRE VITALINO


20 de janeiro de 2014

Dia 20 de janeiro de 2014, 51 anos que o grande Mestre Vitalino faleceu. Em lembrança à data e à importância do artista para Caruaru e para a arte do barro, a Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru e os moradores do Alto do Moura montaram uma programação especial. 

Em 19/01 às 15h, foi realizada uma procissão no Alto do Moura, que saiu acompanhada por uma banda de pífano. Em seguida, houve uma missa em homenagem à Vitalino.

Na segunda-feira (20), a partir das 8h, foram realizadas orações e homenagens, no Cemitério Dom Bosco, local onde foi sepultado. Representantes da prefeitura, Fundação de Cultura e da família do mestre faziam-se presentes.